O “Carnaval de Consumo nas Ilhas 2020” arrancará amanhã (dia 11), os prémios e os incentivos contribuem para promoção do consumo nos bairros comunitários


Para promover o consumo nos bairros comunitários e apoiar o desenvolvimento das pequenas e médias empresas (PME), a Direcção dos Serviços de Economia (DSE) organiza-se, em conjunto com a Federação Industrial e Comercial das Ilhas de Macau, o “Carnaval de Consumo nas Ilhas 2020” que iniciará amanhã (dia 11) e terminará em 31 de Outubro. As entidades organizadoras esperam que, através da distribuição dos cupões de consumo electrónicos com funções orientadoras, possa atrair os consumidores a deslocarem-se às PME nas Ilhas para efeitos de consumo, a fim de manter a dinamização do consumo e aumentar a procura interna, promovendo assim, a circulação do consumo nos bairros comunitários, bem como apoiar o desenvolvimento das PME.

Durante a actividade, desde que os cidadãos consumam MOP68 nas lojas indicadas das Ilhas (não incluindo Cotai) e procedam à liquidação através das indicadas plataformas de pagamento por telemóveis, podem obter “cupões de consumo electrónicos das PME” num valor total superior a MOP400,000. Os cupões podem ser utilizados em mais de 1.000 PME das Ilhas, cuja utilização é simples e cómoda, basta quando os consumidores voltarem a fazer consumo, os cupões serão automaticamente verificados e anulados para efeitos de dedução no pagamento.

A presente actividade é apoiada e patrocinada pelas seis principais plataformas de pagamento por telemóvel de Macau, incluindo ICBC E Pay, MPay, Tai Fung Pay do Banco de Tai Fung, UePay, BOC Pay do Banco da China e serviço Alipay em Macau, esforçando-se conjuntamente para a promoção do desenvolvimento das PME.

Para impulsionar a taxa de generalização da aplicação do pagamento por telemóvel nas PME, a Federação Industrial e Comercial das Ilhas de Macau, a Federação da Indústria e Comércio de Macau Centro e Sul Distritos e a Associação Industrial e Comercial da Zona Norte de Macau irão criar um mecanismo de cooperação com as entidades de pagamento acima mencionadas, proporcionando às PME de Macau medidas convenientes para o acesso ao funcionamento dos serviços de pagamento móvel, através da conjugação das redes e dos recursos das associações industriais e comerciais das três zonas, no sentido de concretizar serviços mais adequados.

Depois de terminar as actividades nas Ilhas, as actividades na zona de Macau iniciarão em meados de Novembro, prevendo-se que toda a série de actividades, contará com a participação de mais de 14.000 lojas de Macau. Os pormenores do programa serão carregados na página electrónica da DSE (www.economia.gov.mo) e na conta pública do WeChat da DSE DSEMACAU.

Ver galeria


Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar