“Vamos! Macau!”: Perto de 140 mil participantes, mais de 85 por cento dos inquiridos satisfeitos com as excursões locais

“Vamos! Macau!” terminou com sucesso

De acordo com dados preliminares, o programa “Vamos! Macau! Excursões Locais”, decorrido entre 17 de Junho e 30 de Setembro, que lançou 25 roteiros turísticos de Macau, contou com a participação de um total de perto de 140 mil pessoas, e realizou mais de 4.300 excursões na cidade. Com o grau de satisfação geral dum inquérito realizado no âmbito do programa a ultrapassar os 85 por cento, a iniciativa foi bem acolhida pelos residentes de Macau. A iniciativa permitiu em simultâneo que a indústria turística explorasse produtos turísticos caraterísticos, trazendo benefícios económicos para o mercado local.

teamLab SuperNature” e “Passeio Marítimo” com grande número de participantes

Os 25 itinerários incluíram 13 “Roteiros Comunitários” e 12 “Roteiros de Lazer”, com os de lazer a atraírem cerca de 60 por cento dos participantes e os comunitários à volta de 40 por cento. O passeio “teamLab SuperNature” contou com a maior participação dos “Roteiros de Lazer”, com mais de 37.000 participantes”; enquanto o “Passeio Marítimo”, com mais de 15.000 participantes, foi o roteiro mais popular dos “Roteiros Comunitários”. A lista dos cinco roteiros mais procurados incluiu ainda: “Experimentar a viagem marítima, terrestre e aérea de Macau” (cerca de 19.000 participantes), “Amar a Pátria e Sentir Macau – Viagem nos bairros comunitários de Macau” (cerca de 9.800 participantes) e o “Passeio ecológico pelas quintas para crianças – Viagem de lazer pelo Resort Grande Coloane” (cerca de 8.500 participantes).

Roteiro “Experiência de viagem de helicóptero”no centro das atenções

O roteiro “Experiência de viagem de helicóptero”, lançado na segunda fase do programa, teve um forte acolhimento, registando mais de 30 mil inscrições. Face à grande procura, a organização acrescentou por duas vezes mais lugares para o roteiro, e mediante sorteio electrónico, dividido em duas rondas, o passeio contou com a participação de um total de perto de 2.600 participantes, que visualizaram Macau duma vista aérea diferente.

Recorde de roteiros para pessoa que fez nove

No que diz respeito ao número de participações, de acordo com os dados preliminares, cerca de 78.000 participantes fizeram um roteiro, correspondendo a cerca de 72 por cento do total; 29.000 participantes ou cerca de 26 por cento participaram por duas vezes; enquanto cerca de 580 participantes fizeram três ou mais roteiros. O participante que contou com o maior número de participações fez nove roteiros diferentes. Em termos de grupos etários, lideraram os participantes entre os 55 e 64 anos de idade do programa “Vamos! Macau! Excursões Locais”, representando mais de vinte por cento das participações, seguidos dos de idade igual ou inferior a 14 anos.

Benefícios económicos para o mercado local

De acordo com os dados preliminares, o programa “Vamos! Macau! Excursões Locais” trouxe mais de 56 milhões de patacas de benefícios económicos ao mercado local, incluindo cerca de 38 milhões de patacas de subsídios para participação nas excursões, e à volta de 17 milhões de patacas (incluindo despesas em excursões e consumo adicional) de consumo dos excursionistas. O dispêndio comunitário resultante do cartão de consumo no valor de 100 patacas atribuído durante os “Roteiros Comunitários”, representou cerca de 4,98 milhões de patacas. Durante o período de decurso da actividade, o governo cumpriu rigorosamente as normas e medidas de apoio financeiro estipuladas, concedendo aos residentes de Macau que reuniam os requisitos necessários, um apoio financeiro no valor de 280 patacas por passeio, com a possibilidade de ser atribuído um máximo de dois subsídios para participação em excursões (um para cada um dos dois grupos de itinerários), num limite máximo de 560 patacas por pessoa.

O programa contou com a participação de 151 agências de viagens no providenciamento das excursões locais, a par com 445 guias turísticos e 508 motoristas de Macau, contando também com 501 autocarros turísticos, seis autocarros turísticos com topo aberto e um autocarro turístico com espaço para cadeira de rodas.

Inquiridos atribuíram avaliação positiva

Durante o decurso do programa “Vamos! Macau! Excursões Locais”, a DST recolheu cerca de 15.000 questionários, para efeitos de análise estatística dos dados das inscrições e grupos, dos benefícios económicos e do grau de satisfação, entre outros. De acordo com o relatório preliminar, mais de 85 por cento dos inquiridos mostraram-se satisfeitos com a organização geral. Entre estes, mais de 92 por cento disseram estar satisfeitos com o desempenho e o profissionalismo dos motoristas; cerca de 90 por cento revelaram-se satisfeitos com o desempenho e profissionalismo dos guias turísticos; e 85 poer cento dos participantes concordaram que os itinerários aprofundaram o conhecimento dos elementos turísticos de Macau.

Por outro lado, a organização recebeu um número reduzido de queixas dos 140 mil participantes que fizeram o programa. As 91 queixas apresentadas foram principalmente motivas pela qualidade dos serviços prestados pelos guias turísticos e ao ajustamento da organização de excursões devido ao mau tempo, entre outros factores. Seguindo-se as queixas por as agências de viagens não conhecerem bem os produtos, causando mal-entendidos entre os clientes.

Para ajudar a sociedade a enfrentar o impacto económico causado pela pandemia da pneumonia causada pelo novo tipo de coronavírus, o Governo da Região Administrativa Especial de Macau lançou um conjunto de medidas para prestar apoio oportuno e direccionado aos residentes, trabalhadores, empresas, profissionais liberais, entre outros. A DST lançou, sucessivamente, o programa “Vamos! Macau! Excursões Locais” e a plataforma electrónica de promoções “Vamos! Macau!”, com o objectivo de, através da recuperação gradual da actividade da indústria turística local e da promoção de produtos turísticos e de sectores relacionados com descontos, promover o consumo nas diversas zonas da cidade e beneficiar as pequenas e médias empresas, a fim de impulsionar a recuperação do turismo e dos sectores relacionados. Com a coordenação da DST e o financiamento da Fundação Macau, o programa “Vamos! Macau! Excursões Locais” foi empreendido por um grupo de trabalho constituído pela Associação das Agências de Viagens de Macau, Associação das Agências de Turismo de Macau e Associação de Indústria Turística de Macau.

A DST irá realizar um estudo aprofundado e amplo sobre os benefícios económicos para o turismo e sectores afins trazidos pelo programa “Vamos! Macau! Excursões Locais”, para referência em futuros trabalhos relacionados.

Ver galeria


Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar