Simulacro de incêndio e evacuação na Torre de Macau

Simulacro de incêndio e evacuação na Torre de Macau

O Corpo de Bombeiros (CB) realizou, no dia 11 de Novembro de 2020, um simulacro de incêndio e evacuação em conjunto com a Torre de Macau, com o intuito de testar as capacidades de resposta, comunicação e coordenação entre ambas as partes em caso de incidentes, cujo processo correu bem e cujos objectivos previstos foram atingidos.

O exercício simulou que quando 1 empregado estava a proceder àmanutenção diária das instalações deiluminação no piso turístico principal do 58.º andar da Torre de Macau, ocorreuo curto-circuito nas iluminações de tecto, que se incendiou repentinamente, o que provocou que o mesmo ficouqueimado por electricidade, cujas lesões eram relativamente graves, em seguida, o fogo começou a propagar-se, as mãos do outro trabalhador da Torre de Macau ficaram ligeiramentequeimadas devido à ajuda na extinção do fogo, cujas lesões eram relativamente leves, contando com 2 feridos no local. Depois de os funcionários da Torre de Macau terem descoberto o incêndio, ligaram ao CB, evacuaram os empregados para o local de evacuação e encontro e adoptaram uma série de medidas de emergência e contingência de acordo com o plano de emergência preestabelecido. Após a recepção da chamada, o CB enviou imediatamente 6 viaturas de emergência e 22 bombeiros ao local para procederem aos trabalhos de evacuação e extinção do fogo conforme o plano definido, 2 feridos foram salvos com sucesso, que foram transportados parao hospital para o tratamento. O respectivo processo correu bem.

O CB e a Torre de Macau destacaram quase 242 pessoas para participar no exercício, que é o simulacro periódico do CB e da Torre de Macau. Depois do exercício, ambas as partes efectuaram uma reunião de revisão e demonstraram que o processo correu bem e que o mecanismo de comunicação entre ambas as partes correu bem, cujos objectivos e resultados esperados foram alcançados.

Corpo de Bombeiros do Governo da RAEM

12 de Novembro de 2020

Ver galeria


Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar