Código de Saúde funcionou sem problemas do registo de informação complementar do endereço


A função de registo complementar do endereço no sistema do Código de Saúde foi introduzida no sistema às 11h00 de terça-feira (dia 5 de Janeiro), tendo este funcionado normalmente e sem problemas. Até às 17h30 do dia 5 de Janeiro, houve 93,356 indivíduos que concluíram o registo complementar do endereço. O Centro de Coordenação de Contingência volta a informar que esta função tem como objectivo principal preparar eventuais “medidas de prevenção e controlo com precisão contra a epidemia, baseado em zonas específicas e níveis”, caso ocorram casos em Macau. Os Serviços de Saúde já efectuaram testes de stress ao sistema e este possuiu uma capacidade de processar 800.000 dados numa hora. Se o fluxo utilizado pelos residentes exceder este valor, em simultâneo, o sistema irá suspender automaticamente a função de preenchimento dos dados do endereço, de modo a não afectar a criação do Código de Saúde e o acesso aos estabelecimentos; quando o fluxo for reduzido, a função de preenchimento do endereço será automaticamente reactivada. A opção de preenchimento do endereço foi optimizada, podendo os residentes introduzir o nome da rua ou o nome do edifício para procurar automaticamente os dados do endereço correspondentes. A função de registo de informação complementar do endereço tem um período de adaptação de 14 dias. Apela-se aos residentes para que não façam o registo de modo apressado. Por outro lado, a partir do dia 20 de Janeiro de 2021, para que possa ser gerado um Código de Saúde válido, os residentes devem preencher obrigatoriamente o endereço.



Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar