Macau e Zhongshan continuam a reforçar cooperação de forma mais abrangente

Chefe do Executivo, Ho Iat Seng, num encontro com o secretário do comité municipal de Zhongshan e presidente do Comité Permanente da Assembleia Popular Municipal de Zhongshan, Lai Zehua, no âmbito da visita em curso às cidades da Grande Baía Guanddong-Hong Kong-Macau.

O Chefe do Executivo, Ho Iat Seng, iniciou, hoje (8 de Janeiro) uma visita às cidades da Grande Baía Guanddong-Hong Kong-Macau, com a primeira paragem na cidade de Zhongshan para um encontro com o secretário do comité municipal de Zhongshan e presidente do Comité Permanente da Assembleia Popular Municipal de Zhongshan, Lai Zehua e com o sub-secretário do comité municipal de Zhongshan e presidente do município, Wei Weihan.

Durante o encontro, o Chefe do Executivo espera um esforço conjunto entre Macau e Zhongshan, com as boas bases já existentes, para aprofundar e alargar a cooperação e promover ainda mais o intercâmbio entre os residentes dos dois locais.

No encontro, o secretário Lai Zehua disse que a delegação oficial da RAEM ao escolher a Zhongshan como o primeiro ponto desta visita demonstra o apoio à cidade. Adiantou que, desde o regresso à Pátria, Macau alcançou, sob a liderança do governo da RAEM, um grande desenvolvimento, com sucessos notáveis na económica, prosperidade e estabilidade social. Indicou ainda que, depois da tomada de posse, o Chefe do Executivo, Ho Iat Seng, dedicou o seu empenho a promover a reforma da Administração Pública, aumentar o investimento em infra-estruturas públicas e a promover o desenvolvimento sustentável da economia e do bem-estar da população, assim como, elogiou os trabalhos contra à pandemia reconhecidos pelos residentes de Macau e também pelo País.

Lai Zehua referiu ainda que a cidade de Zhongshan tem vindo a reforçar e a pôr em prática a cooperação com Macau nos domínios da indústria, tecnologia, cultura e turismo e da educação. E que, tendo em conta que Macau foi designada uma das quatro cidades principais na construção da Grande Baía, as quais têm o papel de motor central, Zhongshan espera fortalecer ainda mais a cooperação bilateral dentro da Grande Baía, especialmente na área da indústria e biofarmacêutica. Além disso, os serviços públicos e a promoção do intercâmbio de pessoas podem ser a direcção da futura cooperação entre os dois territórios.

Por sua vez, o Chefe do Executivo ao relembrar a profunda relação histórica entre Macau e Zhongshan, salientou que as frequentes trocas entre os dois territórios constituem uma base favorável para uma cooperação bilateral. Mesmo que sofra com o impacto da pandemia da pneumonia causada pelo novo tipo de coronavírus, com o apoio do Governo Central e de várias províncias e cidades, está confiante na recuperação gradual da economia de Macau. Adiantou que, sendo uma cidade saudável e segura, até ao momento, Macau não regista novos casos locais há mais de 280 dias, e destacou que presentemente, para além dos trabalhos de prevenção da pandemia ainda se promove proactivamente a recuperação do turismo.

Afirmou ainda que, para além do restabelecimento da economia, clarificar e definir a direcção do desenvolvimento de Macau representa também um dos principais objectivos do governo da RAEM, no corrente ano, necessitando de acelerar o crescimento das indústrias da saúde, do sector financeiro moderno e da tecnologia.

Relativamente à futura cooperação entre os dois territórios, em termos de cooperação industrial, o Chefe do Executivo destacou que, o governo da RAEM estimula e apoia o desensenvolvimento da medicina tradicional chinesa com uma série de políticas e as empresas de Zhongshan podem aproveitar a plataforma estabelecida em Macau para desenvolverem ainda mais; em termos de cooperação na área da educação, o governo de Macau vai promover activamente a implementação de projectos de cooperação no ensino superior; e no domínio de turismo e cultura, Macau, como uma cidade saudável e segura, pode promover o intercâmbio de pessoas. Os dois teritórios vão também regularizar o acordo-quadro de cooperação e definir as prioridades para a cooperação futura.

Estiveram presente no encontro, o secretário para a Economia e Finanças, Lei Wai Nong, a chefe do Gabinete do Chefe do Executivo, Hoi Lai Fong, a directora dos Serviços de Turismo, Helena de Senna Fernandes, o director dos Serviços de Economia, Tai Kin Ip, a coordenadora do Gabinete de Protocolo, Relações Públicas e Assuntos Externos, Lei Ut Mui, o presidente do Conselho de Administração do Instituto de Promoção do Comércio e do Investimento de Macau, Lau Wai Meng e a directora do Gabinete de Comunicação Social, Inês Chan. E da parte de Zhongshan, estiveram presentes o presidente da Comissão Municipal de Zhongshan da Conferência Consultiva Política do Povo Chinês, Tang Ying, sub-secretário do Comité Municipal de Zhongshan do PCC,Chen Wenfeng, a membro do Comité Municipal de Zhongshan e responsável do departamento para os assuntos da Frente Unida, Liang Lixian, o membro do Comité Municipal de Zhongshan e secretário geral do Comité Municipal, Li Changchun e a vice-presidente de Zhongshan, Xu Xiaoli. Contou ainda com a comparência do director do gabinete para os assuntos de Hong Kong e Macau da província de Guangdong, Li Huanchun.

Antes do encontro, o Chefe do Executivo e a delegação oficial visitaram a base industrial nacional de tecnologia de saúde (National Health Technology Industrial Base) e uma empresa de produção e comercialização de produtos farmacêuticos na cidade de Zhongshan.

Ver galeria


Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar