Inquérito à utilização da tecnologia informática dos agregados familiares em 2020


Em 2020 utilizaram internet 183.500 agregados familiares (91,9% do total de agregados familiares), mais 1.200, em termos anuais. Observou-se que o número de agregados familiares que acederam à internet através da banda larga de fibra óptica foi de 147.800 (80,5% do total de agregados familiares que utilizaram internet), tendo crescido continuamente, isto é, +6,5%, em relação a 2019. Verificou-se ainda que 179.800 agregados familiares acederam à internet através da banda larga móvel, representando 98,0% do total, mais 0,1 pontos percentuais, relativamente a 2019, tal indica que o acesso à internet através da banda larga móvel se tornou mais popular entre os agregados familiares, informam os Serviços de Estatística e Censos.

Utilizaram internet 566.300 indivíduos, mais 2,2%, face ao ano 2019. A taxa de penetração de internet foi de 87,5% (+1,0 pontos percentuais, em termos anuais), destacando-se que a dos indivíduos com idade entre os 15 e os 24 anos atingiu 99,3% (+0,1 pontos percentuais). Além destes, mais de setenta por cento dos indivíduos com idade igual ou superior a 55 anos utilizaram internet (73,2%), tendo aumentado 4,2 pontos percentuais, em termos anuais. Relativamente à frequência de utilização da internet, 93,6% dos utilizadores de internet acederam a esta diariamente, isto é, registou-se um acréscimo de 0,1 pontos percentuais, em comparação com o ano 2019.

Quanto às finalidades de utilização da internet, a maioria dos utilizadores de internet usou-a para “comunicação” (95,9%) e para “entretenimento on-line” (83,9%), menos 0,2 e 1,8 pontos percentuais, respectivamente, face a 2019, enquanto a proporção dos que a usaram para aceder a “serviços bancários on-line” (51,0%) aumentou 11,6 pontos percentuais. Registou-se que 145.000 utilizadores de internet fizeram “compras on-line”, mais 17,0%, em termos anuais. No quarto trimestre de 2020 a mediana da despesa em compras on-line cifrou-se em 1.000 Patacas, sendo idêntica à do mesmo trimestre de 2019, nomeadamente, a da despesa em “produtos electrónicos” fixou-se em 1.200 Patacas, mais 20,0% em termos anuais e a da despesa em “vestuário, calçado, malas, etc.” foi igual à do quarto trimestre de 2019 (1.000 Patacas). Contudo, a mediana da despesa em “serviços de viagens” situou-se em 2.000 Patacas, tendo descido significativamente 55,6%.

O número de indivíduos que utilizaram telemóvel foi de 606.600, tendo subido 2,1%, em comparação com o ano 2019 e a taxa de penetração de telemóvel equivaleu a 93,8%, mais 1,1 pontos percentuais. Além disso, a proporção de utilizadores de internet que acederam a esta através de telemóvel fixou-se em 94,5%, sendo idêntica à de 2019.

Havia 144.100 agregados familiares que possuíam computadores, representando 72,2% do total, esta proporção diminuiu 3,4 pontos percentuais, em relação ao ano 2019. Além disso, a taxa de penetração de computador correspondeu a 48,9%, tendo baixado 2,9 pontos percentuais, em termos anuais.

O “Inquérito à Utilização da Tecnologia Informática dos Agregados Familiares” em 2020 recolheu informação sobre os indivíduos com idade igual ou superior a 3 anos que utilizaram esta tecnologia, através do questionário complementar ao “Inquérito ao Emprego” referente ao quarto trimestre de 2020.

Ver galeria


Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar