Estatísticas relativas aos empréstimos hipotecários – Abril de 2021


De acordo com as estatísticas publicadas hoje pela AMCM, em Abril de 2021, os novos empréstimos hipotecários para habitação (EHHs) aprovados registaram decrescimento em relação ao mês anterior e os novos empréstimos comerciais para actividades imobiliárias (ECAIs) aprovados registaram crescimento. Registaram-se declínio no saldo bruto dos EHHs e acréscimo nos ECAIs, quando comparado com o mês anterior.

Novos empréstimos aprovados

Em Abril de 2021, os novos EHHs aprovados pelos bancos de Macau decresceram 20,4% em relação ao mês transacto, até ao valor de MOP2,36 mil milhões. Dos quais, os novos EHHs aos residentes locais que representavam 98,3% do total, diminuíram 21,5% e atingiram MOP2,32 mil milhões em comparação com o mês anterior. Por outro lado, o componente não-residente cresceu para MOP41,1 milhões. De Fevereiro a Abril de 2021, o número médio mensal dos novos EHHs atingiu MOP2,5 mil milhões, correspondendo a uma descida de 6,0% em comparação com o período anterior (De Janeiro a Março de 2021).

Os novos EHHs cuja garantia é dada por edifícios em construção (empréstimos hipotecários para alienação de fracções autónomas em edifícios em construção) decresceram 6,4% para MOP294,6 milhões, em relação ao mês anterior. Em comparação com o período homólogo de 2020, estes novos EHHs cresceram 25,8%.

Os novos ECAIs aprovados cresceram 177,7% relativamente ao mês anterior e atingiram MOP5,35 mil milhões. Destes, 98,9% foram concedidos aos residentes locais e cresceram 176,3% para MOP5,29 mil milhões; o componente não-residente cresceu para MOP56,8 milhões. De Fevereiro a Abril de 2021, o número médio mensal dos novos ECAIs aprovados atingiu MOP3,0 mil milhões, correspondendo a um aumento de 24,3%, em comparação com o período anterior (De Janeiro a Março de 2021).

Balanço relativo aos empréstimos

No final de Abril de 2021, atendendo a que se verificou, neste período, o reembolso de vários empréstimos de elevado montante, o saldo bruto dos EHHs decresceu ligeiramente 0,1% e atingiu MOP234,8 mil milhões em relação ao mês anterior, mas registou-se um crescimento de 1,5% em relação ao período homólogo do ano transacto. Destes empréstimos, 94,8% foram concedidos aos residentes. Em relação ao mês anterior, o saldo bruto do EHHs aos residentes manteve-se inalterado, mas aos não-residentes decresceu 1,4%.O saldo bruto dos ECAIs cresceu 1,0% e atingiu MOP160,0 mil milhões em relação ao mês anterior, mas registou um decrescimento de 11,9% em comparação com o período homólogo do ano transacto. Destes empréstimos, 93,1% foram concedidos aos residentes. Relativamente ao mês anterior, o saldo bruto dos ECAIs destinados aos residentes cresceu 1,1% mas aos não-residentes decresceu 0,3%.

Rácio das dívidas não pagas

No final de Abril de 2021, o rácio das dívidas não pagas aos EHHs atingiu 0,24%, manteve-se inalterado em relação ao mês anterior e decresceu 0,02 ponto percentual (pp) ao período homólogo do ano transacto. No rácio das dívidas não pagas aos ECAIs atingiu 0,49%, decresceu 0,05 pp em relação ao mês anterior mas cresceu 0,03 pp ao período homólogo do ano transacto.



Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar