Lançada a revista “O Consumidor” n.º 334


A fim de alertar aos consumidores para o impacto negativo que a ingestão de açúcar em excesso provoca na saúde, o Conselho de Consumidores (CC) procedeu a uma análise comparativa a 20 cafés enlatados e engarrafados, sobretudo no que diz respeito aos teores de açúcar e calorias anunciados. Os detalhes da análise encontram-se publicados na revista “O Consumidor” n.º 334, que reportou também os resultados recentemente alcançados na cooperação entre o CC e as associações de consumidores do Interior da China.

A informação nutricional na etiqueta dos alimentos e bebidas pré-embalados é fundamental para os consumidores na escolha de alimentos mais seguros e mais saudáveis. Através das investigações efectuadas sobre a etiqueta nutricional dos alimentos e bebidas pré-embalados à venda no mercado, em particular sobre os teores de açúcar e calorias, o CC proporciona mais informações de referência aos consumidores, orientando-os a verificar a composição nutricional na etiqueta e assim criar uma dieta saudável.

Etiqueta nutricional mostra grande discrepância no teor de açúcar

Segundo as informações indicadas na etiqueta, os 20 cafés pré-embalados, de diferentes marcas, têm uma grande diferenciação no que diz respeito ao teor de açúcar, sendo que o teor mais elevado é mais do que o dobro do mais baixo. Nota-se que a amostra mais “doce” contém, por 100 ml de volume, 11,2 g de açúcar, enquanto o teor de açúcar contido numa garrafa inteira da mesma já excede o limite diário de ingestão (50g de açúcar) definido na recomendação forte da Organização Mundial de Saúde (OMS). A amostra contém um teor de calorias equivalente ao de 200 gramas de arroz.

Crê-se que os consumidores poderão fazer uma opção mais inteligente e mais saudável com a leitura da etiqueta nutricional. Para escolher um café pré-embalado, é recomendável consultar os dados analíticos publicados na revista “O Consumidor” n.º 334.

Êxito da cooperação na Grande Baía

Na primeira metade deste ano, o CC tem vindo a cooperar com as associações de consumidores do Interior da China, integrantes da Grande Baía, na área de mediação e arbitragem transfronteiriça, tendo estabelecido as partes o “Mecanismo conjunto de prevenção sobre a aquisição de imóveis sitos no Interior da China para os residentes de Macau”, o que contribuiu para a salvuguarda dos direitos e interesses dos turistas e residentes de Macau, trazendo maior confiança no consumo entre os dois locais e promovendo o desenvolvimento do consumo integrado na Grande Baía. Mais informações sobre este assunto encontram-se divulgadas na edição mais recente da revista “O Consumidor”.

“Consumidor Online” traz serviços eficazes e convenientes

No sentido de dar a conhecer aos cidadãos sobre a plataforma “Consumidor Online” e fomentar a sua utilização, o CC afixou a etiqueta do código de QR e cartazes da plataforma “Consumidor Online” em várias lojas e espaços públicos dos edifícios habitacionais, bem como organizou sessões informativas destinadas a diferentes comunidades. Os consumidores são encorajados a utilizar mais os serviços electrónicos dessa plataforma que são eficazes e convenientes.

Revista disponível na internet

Esta edição da revista “O Consumidor” apresentou, na secção “Dicas para consumidores”, os direitos e deveres do consumidor em relação ao consumo de pré-pagamento, alertando para considerar bem as necessidades e condições pessoais, seguir os princíprios da racionalidade e da prudência, ler e tomar conhecimento das cláusulas quando pretendem celebrar um contrato em forma de pré-pagamento. Convém que os consumidores consultem as referidas “Dicas para consumidores” para conhecer melhor os direitos de que gozam.

A edição mais recente da revista “O Consumidor” já está disponível na página electrónica do CC (www.consumer.gov.mo) e na sua conta de WeChat.

Linha aberta do CC: 8988 9315



Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar