Alunos do Curso de Enfermagem do IPM realizaram com sucesso palestras sobre a saúde junto das comunidades locais

Alunos do Curso de Enfermagem do IPM entraram nas comunidades realizando palestras sobre saúde

Em articulação com as Linhas de Acção Governativa do Governo da Região Administrativa Especial de Macau, nomeadamente a estratégia de“tratamento eficaz onde se privilegia a prevenção”, os alunos do Curso de Licenciatura em Enfermagem da Escola Superior de Ciências de Saúde e Desporto do Instituto Politécnico de Macau realizaram 6 palestras de educação para a saúde, entre Março do corrente ano e a presente data, nos centros diurnos para idosos e jardins-de-infância de bairros comunitários. Nestas palestras foram abordados temas como a promoção da saúde visual, as doenças crónicas e a prevenção e tratamento de doenças transmissíveis, e entre outros.

Tendo sido divulgados nestas palestras os conhecimentos sobre a definição das doenças, os factores e as causas principais, a prevenção e o tratamento, entre outras informações, através destas palestras os idosos e as crianças não só ficaram a beneficiar de um conhecimento mais aprofundado sobre as doenças apresentadas, como lhes fizeram valorizar mais a própria saúde e a prevenção em vez do tratamento, enriquecendo-lhes os conhecimentos sobre a saúde.

No mesmo período em que decorreram estas palestras sobre a saúde, tendo em consideração a prevenção e controlo da epidemia e a promoção da saúde dos idosos, os alunos do Curso de Enfermagem do IPM realizaram outra palestra, nomeadamente sobre a prevenção do acidente vascular cerebral e a infecção pelo novo tipo de coronavírus, partilhando também informações sobre o novo tipo de coronavírus, no intuito de elevar os respectivos conhecimentos dos idosos; além disso, explicaram o sucesso que tem vindo a ser conseguido pelo Governo da RAEM na prevenção da epidemia, e ensinaram como é que os idosos se devem harmonizar com as medidas de prevenção adoptadas pelo Governo. Para além disso, os alunos ensinaram e praticaram com os idosos, exercícios de dedos que favorecem a saúde do cérebro e podem diminuir os riscos de demência, bem como técnicas de massagem para eliminar o cansaço, aliviar o stresse mental e atenuar as tensões emocionais. Durante as palestras, os alunos promoveram a interacção e conversas com os idosos e, no final, estes mostraram-se muito satisfeitos com o conteúdo e a organização das palestras.

Segundo Lo, o aluno do 4º ano do referido Curso, os idosos participaram activamente nas palestras e, na sessão de perguntas e respostas, conseguiram responder correctamente às perguntas colocadas; o aluno Lo apreciou também o facto de os idosos apresentarem um estado muito refrescante, com uma aparência agradável e diferenciada, apesar de a maioria ter entre os 70 e os 80 anos de idade. Acrescentou ainda que, durante a interacção com os idosos nos exercícios de dedos, a capacidade de reacção dos idosos não ficava muito atrás da reacção dos mais novos.

Os alunos participantes nestas palestras mostraram-se satisfeitos com as experiências valiosas e com o que puderam aprender e adquirir no processo, e esperaram poder realizar palestras de saúde em maior escala no futuro, para que mais pessoas possam ser beneficiadas, contribuindo para a melhoria da saúde da população de Macau.

Ver galeria


Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar