“Arte Macau: Bienal Internacional de Arte de Macau 2021” inaugura oficialmente na Quinta-feira

Prato de Porcelana de Carraca decorado com Leão e Flores (Museu de Arte de Macau)

“Arte Macau: Bienal Internacional de Arte de Macau 2021”, um mega-evento internacional de arte e cultura, será inaugurada no dia 15 de Julho (Quinta-feira), no 1.º andar do Museu de Arte de Macau, apresentando uma festa móvel da cidade. Nessa ocasião, a Exposição Principal também será aberta ao público nesse museu, a qual está dividida em três partes, em várias zonas do Museu, reflectindo os “Avanços e Recuos da Globalização” através das artes.

“Arte Macau” apresenta de Julho a Outubro um total de 30 exposições de arte em 25 locais, com o intuito de continuar a trazer uma atmosfera cultural imersiva a toda a cidade como uma galeria e jardim de arte e permitindo a residentes e visitantes desfrutarem da beleza vívida da arte. “Arte Macau”, sob a curadoria principal de Qiu Zhijie, um dos artistas contemporâneos mais influentes da China e Director da Faculdade de Arte Experimental da Academia Central de Belas Artes, é focada nas artes visuais contemporâneas. “Arte Macau” está dividida em várias secções, nomeadamente, Exposição Principal, Exposição Especial de Estâncias Turísticas e Hotéis, Pavilhão de Cidade Criativa, Exposição de Arte Pública, Trabalhos Seleccionados de Artistas Locais e Exposição Colateral, entre outras, remodelando o espírito humanista da era pós-epidémica.

A Exposição Principal no Museu de Arte de Macau, sob a curadoria principal de Qiu Zhijie, é composta por três partes: “O Sonho de Mazu”, “Labirinto da Memória de Matteo Ricci” e “Avanços e Recuos da Globalização”, que proporcionam um espaço de reflexão e discussão sobre globalização e individualidade, vida e sonho, longinquidade e proximidade, segurança e felicidade, entre outros. Mais de 40 artistas provenientes de cerca de 20 países e regiões foram convidados a participar nas três sessões da Exposição Principal, onde serão exibidos mais de 100 peças/conjuntos de obras de arte.

A primeira parte da Exposição Principal “O Sonho de Mazu” reúne a porcelana de exportação das Dinastias Ming e Qing, trabalhos contemporâneos em azulejo de artistas de Portugal, bem como obras em porcelana azul e branca de artistas chineses e do Médio Oriente; a segunda parte “Labirinto da Memória de Matteo Ricci” descreve o olhar do Ocidente sobre a China ao longo de 500 anos. Ambas as partes estão abertas ao público até 15 de Agosto. A terceira parte, “Avanços e Recuos da Globalização”, mostra que no meio desta pandemia trágica, os artistas de todo o mundo não pararam de criar procurando abrir um novo caminho espiritual que afasta o mundo do desespero, organizando as tradições e memórias mencionadas nas duas primeiras partes. Esta parte da exposição está aberta ao público até 17 de Outubro.

Sob o patrocínio da Secretaria para os Assuntos Sociais e Cultura e da Secretaria para a Economia e Finanças, “Arte Macau: Bienal Internacional de Arte de Macau 2021” é organizada pelo Instituto Cultural (IC) e pela Direcção dos Serviços de Turismo de Macau (DST) e co-organizada pela Direcção dos Serviços de Educação e de Desenvolvimento da Juventude (DSEDJ), Galaxy Entertainment Group, Melco Resorts & Entertainment Limited, MGM, Sands China Ltd., SJM RESORTS, S.A., Wynn Macau, Limited e o Nam Kwong (Group) Company Limited, conta com a participação de cidades criativas e instituições de ensino superior e com o apoio do Instituto para os Assuntos Municipais e Companhia de Transportes Aéreos Air Macau, S.A.R.L..

O evento seguirá estritamente as directrizes de prevenção epidemiológica emitidas pelos Serviços de Saúde e implementará as medidas apropriadas para os eventos. Todos os participantes deverão usar máscara de protecção, ser submetidos à medição da temperatura corporal, apresentar o respectivo Código de Saúde de Macau do próprio dia e cumprir as medidas de controlo de multidões no local.

Para mais informações é favor consultar a página electrónica do evento em www.artmacao.mo, a conta no Instagram “artmacao”, a página no Facebook “IC Art” e a conta do IC no WeChat “IC_Art_Macao”.

Ver galeria


Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar