Reestruturação da DICJ em articulação com o desenvolvimento do sector do jogo Tomada de posse de 14 chefias

Fotografia de grupo do pessoal da direcção e chefia da DICJ com os novos chefes de departamento

A Direcção de Inspecção e Coordenação de Jogos (DICJ) procedeu-se à reestruturação orgânica a partir de 22 de Junho, criando mais um lugar de subdirector, dois departamentos e doze divisões, com vista a acompanhar a evolução do novo modelo de exploração e fiscalização do sector do jogo, promovendo o desenvolvimento saudável e ordenado do sector do jogo de Macau.

Realizou-se hoje (dia 8) a cerimónia de tomada de posse de chefias da DICJ. Perante o Director da DICJ, Adriano Marques Ho, que presidiu à cerimónia, com a presença do Subdirector, Lio Chi Chong, e chefias de vários departamentos da DICJ que testemunharam a mesma, o chefe do Departamento de Investigação, Lam Iek, o chefe do Departamento Jurídico e de Licenciamento, Miguel Luís Castilho, o chefe do Departamento de Instalações e Informática, Kuong Chio Ka, o chefe da 1.ª Divisão de Inspecção, Paulo Jorge Moreira Castelo Basaloco, a chefe da 2.ª Divisão de Inspecção, Ieong Hoi Ian, o chefe da Divisão de Inspecção de Equipamentos de Jogo, Chio Iao Mak, o chefe da Divisão de Operações, Yau Chi Fai, a chefe da Divisão Jurídica, Hoi Song U, a chefe da Divisão de Licenciamento, Tam Man Kin, a chefe da Divisão de Auditoria de Finanças, Lei Vai Man, a chefe da Divisão de Auditoria de Conformidade, Wong Long Peng, o chefe da Divisão de Redes e Instalações, Wong Pou Kin, o chefe da Divisão de Informática, Ieong Chong Hang, e a chefe da Divisão de Estudos e de Análise de Informação, Tou Chi Iau, prestaram juramento e tomaram posse.

Adriano Marques Ho frisou que a tomada de posse do novo pessoal de chefia, que possui vasta experiência e capacidade profissional ajudará a DICJ a reforçar a aplicação das tecnologias de informação na fiscalização e a utilização racional dos recursos humanos, e a aperfeiçoar o sistema jurídico do jogo, elevando a capacidade de regulação, fiscalização e coordenação, promovendo o desenvolvimento saudável e estável do sector do jogo de Macau.

Adriano Marques Ho agradeceu ainda pelo esforço envidado no trabalho de fiscalização e supervisão por parte de todo o pessoal da Direcção, afirmando que, no futuro, irá continuar a liderar e unir todo o pessoal, e mediante a optimização da divisão de funções e de coordenação operacional, será aperfeiçoada a gestão interna dos departamentos, aumentando o desempenho no trabalho e a capacidade de execução da lei, empenhando na defesa da segurança e dos interesses do País e da RAEM.

Ver galeria


Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar