Reforço contínuo da fiscalização das medidas antiepidémicas em todos os casinos de Macau

Reunião entre a DICJ e as seis concessionárias/ subconcessionárias sobre a prevenção epidémica

Tendo em vista a cooperação com os trabalhos de prevenção e controlo antiepidémico do Governo da RAEM, a Direcção de Inspecção e Coordenação de Jogos (DICJ) intensificou as acções de fiscalização aos trabalhos de prevenção epidémica de todos os casinos de Macau, instando as concessionárias/ subconcessionárias a seguirem estritamente as directrizes de prevenção da epidemia, bem como a implementarem várias medidas de prevenção, para garantia da segurança e da saúde dos seus trabalhadores e clientes.

No intuito de prevenir a propagação da COVID-19 nos casinos de Macau, a DICJ, para além de efectuar regularmente inspecções a todos os casinos, tem ainda destacado diariamente elementos do seu corpo inspectivo para integrarem equipas especiais de inspecção antiepidémica, realizando acções especiais extraordinárias em diferentes casinos, nomeadamente à entrada, nas áreas de jogo, nas salas de máquinas de jogo, à limpeza e desinfecção, à verificação do código de saúde dos clientes, bem como nas áreas de descanso.

Ademais, foi recentemente mantida uma reunião entre elementos dirigentes da DICJ e das concessionárias/ subconcessionárias, tendo em vista uma melhor coordenação, para a implementação das medidas de prevenção epidémica de forma mais eficaz. As concessionárias/ subconcessionárias estão empenhadas em colaborar de forma activa com as várias políticas de prevenção epidémica do Governo, nomeadamente reforçando os trabalhos de limpeza e desinfecção das suas instalações.

Simultaneamente, a fim de prevenir a propagação da COVID-19 nos estabelecimentos de jogo, todos os trabalhadores têm sido incentivados a assumir a responsabilidade cívica de se vacinarem contra a COVID-19, protegendo-se a si e aos outros, contribuindo para que o sector do jogo mantenha uma imagem segura e salutar.

Ver galeria


Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar