Refeições fornecidas em áreas vedadas substituídas por pacotes de alimentos, durante passagem da tempestade tropical

Refeições fornecidas em áreas vedadas substituídas por pacotes de alimentos, durante passagem da tempestade tropical

O Governo da RAEM, tendo em vista a prevenção epidémica, a higiene pública e a resposta às necessidades da vida diária dos residentes das zonas vedadas, continua, através do grupo de subsistência e apoio, a fornecer refeições e a prestar serviços de encaminhamento de bens essenciais e de recolha de lixo quotidiano aos residentes das zonas vermelhas e amarelas das áreas vedadas. Devido à aproximação do ciclone tropical severo “Kompasu” a Macau, para apoiar a preparação da protecção civil contra tempestade tropical nas zonas vedadas, hoje, dia 12, a cada residente da zona vermelha e amarela nas áreas vedadas será distribuído um pacote de alimentos de emergência para satisfação das necessidades de consumo durante dois dias, em substituição da refeição do jantar de hoje e das refeições quentes de todo o dia seguinte.

Segundo a previsão da Direcção dos Serviços Meteorológicos e Geofísicos, devido à influência da passagemdo ciclone tropical severo “Kompasu”, durante este período haverá chuva intensa e trovoadas, o vento máximo pode atingir o nível 8. Por razões de segurança pública, o grupo de subsistência e apoio irá remover os toldos ao ar livre e as instalações provisórias recém-colocados nas áreas vedadas e irá interromper, amanhã, dia 13, a prestação de serviços de fornecimento de refeições, encaminhamento de bens essenciais e recolha de lixo. A respectiva organização já foi notificada aos moradores das zonas vermelhas e amarelas das áreas vedadas, via SMS e folhetos. O grupo de subsistência e apoio irá observar atentamente a mudança do estado do tempo local e retomar o fornecimento de refeições quentes assim que as condições o permitam. Caso existam mais alterações na organização, tal será comunicado através de SMS. O Instituto para os Assuntos Cívicos e Municipais solicita a compreensão dos residentes das zonas envolvidas e lamenta quaisquer incómodos causados.

Ver galeria


Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar