Chefe do Executivo ouve opiniões dos representantes da Associação dos Trabalhadores da Função Pública de Macau sobre as LAG para o próximo ano

Chefe do Executivo, Ho Iat Seng, recebe representantes da Associação dos Trabalhadores da Função Pública de Macau, para auscultar opiniões e sugestões no âmbito da elaboração do relatório das Linhas de Acção Governativa para o ano financeiro 2022.

O Chefe do Executivo, Ho Iat Seng, reuniu-se, hoje (1 de Novembro), na Sede do Governo, com a delegação de representantes da Associação dos Trabalhadores da Função Pública de Macau, liderada pelo presidente da direcção, Pereira Coutinho , para ouvir as opiniões e sugestões no âmbito da elaboração das Linhas de Acção Governativa para o ano financeiro de 2022, tendo ainda trocado impressões sobre a reforma da administração pública, o aperfeiçoamento das carreiras dos trabalhadores dos serviços públicos, a empregabilidade dos jovens e a contratação pública, entre outros temas.

O presidente da direcção da Associação dos Trabalhadores da Função Pública de Macau, Pereira Coutinho aproveitou para apresentar, em nome da associação, as opiniões relativas às linhas da acção governativa, sintetizando-as em nove pontos, designadamente: 1) lançar medidas para aliviar as dificuldades da população face ao impacto da epidemia COVID-19; 2) enfrentar o problema do desemprego em Macau; 3) estar atento ao planeamento das carreiras após a graduação, o empreendedorismo e a saúde dos jovens; 4) dar importância ao problema da oferta de habitação; 5) elevar a eficiência e qualidade dos serviços administrativos; 6) acelerar a construção de um portal de contratação pública; 7) promover a reforma da administração pública, 8) prestar atenção ao ambiente de trabalho dos agentes das forças de segurança e 9) promover a protecção ambiental em Macau.

O presidente da direcção da ATFPM disse apoiar as medidas de vacinação do governo da Região Administrativa Especial de Macau para dar resposta à evolução da pandemia, e espera ver as restrições fronteiriças serem aliviadas assim que a taxa de vacinação atingir certo nível. Manifestou também estar satisfeito com as oito medidas do governo da RAEM no apoio às pequenas e médias empresas e aos empregados de baixa remuneração, esperando que possa ser reforçada a ajuda aos desempregados. E quanto ao aperfeiçoamento das carreiras dos trabalhadores dos serviços públicos, relembrou que foram concluídos os trabalhos legislativos sobre a fusão de carreiras de assistente técnico administrativo (Índice de vencimento 195) e adjunto-técnico (Índice de vencimento 260) e espera que na próxima fase possam ser acelerados os trabalhos da realização dos respectivos concursos para o efeito e o devido estudo sobre o ajustamento das carreiras especiais.

A presidente da assembleia-geral, Rita Santos e o vice-presidente da direcção, Ché Sai Wang, que estiveram presente no encontro, expressarm opiniões sobre os apoios às PME e aos seus trabalhadores, o aperfeiçoamento das formas de apresetação do pedido de subsídio de desemprego, bem como estimular a integração dos jovens na Grande Baía Guangdong-Hong Kong-Macau, elevar a moral dos funcionários públicos e optimizar o regime de avaliação , entre outros temas.

O Chefe do Executivo, Ho Iat Seng agradeceu as opiniões e sugestões apresentada pela ATFPM, garantindo que o governo irá analisar e estudar seriamente servindo de referência na elaboração das linhas de acção governativa para o próximo ano.

O governo da RAEM está atento à vida quotidiana e ao bem-estar da população e fará o seu melhor para promover medidas em prol do bem-estar quando as condições financeiras forem possíveis. O governo da RAEM sempre atribuiu grande importância ao aperfeiçoamento da reforma da administração pública e à moral dos funcionários, demonstrando o seu empenho na prestação de melhores serviços.

O secretário para a Administração e Justiça, André Cheong, presente no encontro, revelou que, o governo iniciou a criação duma plataforma de contratação pública como forma de simplificar os procedimentos administrativos e assim facilitar tanto os serviços públicos como a sociedade, permitindo também ao mercado compreender melhor as necessidades do governo. E quanto ao ajustamento do regime de carreiras, do prémio de antiguidade e do subsídio, frisou que é necessário proceder a uma consideração abrangente e integral.

No encontro estiveram ainda o director dos Serviços de Estudo de Políticas e Desenvolvimento Regional, Cheong Chok Ma, e o assessor do Gabinete do Chefe do Executivo, Lam Heong Sang. Assim como a vice-presidente da direcção, Tam Leng I, secretário geral, Luís Correia Gageiro e vice-presidente da assembleia-geral, Xeque Harun Hamja.

Ver galeria


Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar