“Espírito e Natureza – Exposição de Design Gráfico de Koichi Sato”apresenta obras-primas do mestre japonês

“Espírito e Natureza – Exposição de Design Gráfico de Koichi Sato”apresenta obras-primas do mestre japonês

Organizada pelo Instituto Cultural (IC) e co-organizada pela Associação dos Designers de Macau, “Espírito e Natureza – Exposição de Design Gráfico de Koichi Sato” apresenta um conjunto de cerca de 76 cartazes e outras obras de design gráfico relacionado, da autoria de Koichi Sato, sendo a maioria dos trabalhos representativos da sua carreira de designer. A exposição decorre entre Novembro e Dezembro, no Edifício do Antigo Tribunal, na Avenida da Praia Grande, sendo a entrada livre.

A cerimónia de inauguração teve lugar no dia 5 de Novembro, no Edifício do Antigo Tribunal, e foi presidida pela Presidente do Instituto Cultural, Mok Ian Ian, pelo Sub-Director do Departamento de Propaganda e Cultura da Gabinete de Ligação do Governo Popular Central na RAEM, Yin Rutao, pelo Presidente da Associação dos Designers de Macau, Chao Sio Leong, e pelos Curadores, Du Xiao e Han Wenbin.

As obras desta exposição incluem a obra-prima “New Music Media”, a “Série Caixa” que explora as cores de forma diversificada, e a “Série do Monte Fuji” que mostra a imagem do Japão, bem como a série “Palma” e ainda obras que jogam com as palavras e a composição. Além disso, a exposição também apresenta manuscritos e uma coletânea de ensaios de Koichi Sato, e cerca de 16 obras dos seus alunos. Classificadas e interpretadas com base nos diferentes estilos evidenciados, as obras expostas nesta exposição estão organizadas de forma sistemática, com o intuito de apresentar, através de vários ângulos, os estilos e características dos diferentes períodos da carreira criativa de Koichi Sato. Com o complemento de materiais bibliográficos e obras dos seus alunos, o público dispõe de meios para desenvolver discussões profundas em torno da relação entre design e nacionalidade, arte e educação, através da obtenção de uma compreensão mais directa das ideias estéticas deste mestre japonês e das suas contribuições para o ensino do design.

Nascido no Japão, Koichi Sato (1944–2016) é considerado uma das figuras mais representativas da nova geração de designers gráficos no Japão após a Segunda Guerra Mundial. As características fortes da estética oriental dos seus designs e conceitos criativos no design moderno, são a razão pela qual as suas obras são reconhecidas pela comunidade internacional do design e coleccionadas por museus e centros de arte de muitos países. Numa fase mais avançada da sua carreira, o mestre japonês dedicou-se ao ensino do design, através da aplicação de métodos de auto-exploração e auto-descoberta, procurando estimular o potencial e as características pessoais dos seus alunos.

A exposição estará patente ao público entre 6 de Novembro e 31 de Dezembro de 2021, no Edifício do Antigo Tribunal, diariamente das 10:00 às 20:00 horas, de Terça-feira a Domingo, incluindo aos feriados públicos, sendo a entrada gratuita. Para mais informações, é favor contactar o IC através do telefone n.º 8988 4000, durante o horário de expediente, ou enviar um e-mail para info.ddav@icm.gov.mo.

O Instituto Cultural tem acompanhado de perto a situação da epidemia, colaborando activamente com as orientações emitidas pelos Serviços de Saúde e adoptando medidas correspondentes em tempo oportuno. Os residentes que participem em actividades culturais ou que entrem em espaços culturais devem estar de acordo com as medidas de controlo do fluxo de pessoas no local, usar máscara, sujeitar-se à medição de temperatura corporal e apresentar o Código de Saúde Individual do dia.

Ver galeria


Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar