Palestras do Festival de Artes e Cultura entre a China e os Países de Língua Portuguesa no âmbito da iniciativa “Uma Faixa, Uma Rota” exploram o fascínio da literatura africana e brasileira

Palestras do Festival de Artes e Cultura entre a China e os Países de Língua Portuguesa no âmbito da iniciativa “Uma Faixa, Uma Rota” exploram o fascínio da literatura africana e brasileira

Com o objectivo de divulgar a iniciativa cultural “Uma Faixa, Uma Rota”, o Instituto Cultural (IC) e o Instituto de Investigação Social e Cultural da Universidade de Ciência e Tecnologia de Macau organizaram em conjunto duas sessões para a “Série de Palestras Culturais no âmbito de Uma Faixa, Uma Rota – Samba e Dança”, a ter lugar na Sala de Conferências do Centro Cultural de Macau, em Novembro de 2021, que fazem parte das actividades do 3.º Encontro em Macau - Festival de Artes e Cultura entre a China e os Países de Língua Portuguesa. A participação de todos os interessados é bem-vinda.

A primeira palestra, intitulada “Literatura Feminista nos Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa”, a ter lugar no dia 14 de Novembro (Domingo), é apresentada pela docente do Departamento de Português da Faculdade de Estudos Hispânicos e Portugueses da Universidade de Estudos Estrangeiros de Pequim, Jin Xinyi. Depois do Século XX, foram muito poucas as poetisas e escritoras provenientes de países africanos de língua portuguesa, contando-se pouco mais do que 20 autoras. Assim, ficaram documentados no registo histórico produzido, vários poemas e obras literárias de elevada qualidade, tornando-se uma parte fundamental e indispensável do universo da literatura em língua portuguesa. Nesta palestra serão apresentadas as obras mais representativas dessas autoras, aprofundando o seu papel e a sua importância na história da literatura de língua portuguesa.

A segunda palestra, subordinada ao tema “Literatura Brasileira e a Imagem do Brasil na Literatura Mundial”, terá lugar no dia 27 de Novembro (Sábado), e será presidida pelo Professor Auxiliar do Departamento de Português da Faculdade de Letras da Universidade de Macau, Zhang Jianbo. Enquanto país com a maior área territorial do continente sul-americano, o Brasil possui uma multiculturalidade de características únicas, que viu nascer muitos autores. Esta palestra vai abordar a história da evolução da literatura brasileira e apresentar diferentes estilos literários, como a literatura do período colonial, do período romântico, do período do realismo e a literatura moderna, procurando lançar uma visão geral sobre o panorama da literatura brasileira e as suas mudanças.

As duas palestras serão conduzidas em mandarim, com tradução simultânea para português. Os interessados podem inscrever-se online, a partir de hoje, através do “Sistema de Inscrição em Actividades” do Instituto Cultural (www.icm.gov.mo/eform/event). As vagas para as palestras são limitadas e em caso de excesso de inscrições, a selecção será feita por sorteio. Os candidatos admitidos serão notificados por SMS ou por correio electrónico.

O 3.º do “Encontro em Macau - Festival de Artes e Cultura entre a China e os Países de Língua Portuguesa”, sob o patrocínio da Secretaria para os Assuntos Sociais e Cultura do Governo da RAEM, organizado pelo Instituto Cultural e co-organizado pela Direcção dos Serviços de Turismo, proporciona aos residentes entre Novembro e Dezembro experiências culturais únicas. Para mais informações, é favor visitar a página electrónica do “Encontro em Macau - Festival de Artes e Cultura entre a China e os Países de Língua Portuguesa” (www.icm.gov.mo/FCP), seguir a página “IC_Art” no Facebook ou assinar a conta oficial do Instituto Cultural “IC_Art_Macao” no WeChat.

O IC tem seguido rigorosamente as orientações de prevenção epidémica dos Serviços de Saúde e tomando todas as providências adequadas para as actividades culturais. Os residentes participantes devem usar máscara de protecção, sujeitar-se à medição de temperatura corporal, apresentar o Código de Saúde válido do dia e cooperar com as medidas preventivas no local.

Ver galeria


Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar