Governo decide manter, após avaliação, o Plano de Comparticipação Pecuniária no Desenvolvimento Económico no próximo ano


O Chefe do Executivo, Ho Iat Seng, disse que a maioria das despesas do orçamento integrado para as Linhas de Acção Governativa para o próximo ano estão relacionadas com as remunerações. No entanto, indicou que o governo, como já tinha sido manifestado recentemente, não vai reduzir a remuneração dos trabalhadores da Função Pública. Excepto as regalias, o governo tem então diminuído, desde o ano passado, outras despesas, nomeadamente com as deslocações ao exterior.

Quanto ao Plano de Comparticipação Pecuniária no Desenvolvimento Económico, o Chefe do Executivo considera que as pessoas têm opiniões muito diferentes sobre esta matéria. No ano passado, o governo estudou a possibilidade de mudança da comparticipação pecuniária de dez mil patacas para os cupões electrónicos de consumo, mas houve vozes a apontar que algumas pessoas fora Macau não conseguiriam usá-los, por isso, após uma avaliação, o governo decidiu manter, no próximo ano, o Plano de Comparticipação Pecuniária no Desenvolvimento Económico.



Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar