O Instituto Politécnico de Macau (IPM) participou na 20.ª edição on-line do Fórum de Reitores das Universidades Asiáticas para discutir formas de cooperação entre as instituições de ensino superior

O Presidente do IPM, Professor Im Sio Kei, em discussão sobre a cooperação no ensino superior na 20.ª edição do Fórum de Reitores das Universidades Asiáticas

O Instituto Politécnico de Macau (IPM) participou, há dias, em formato on-line, na Celebração dos 40 Anos de Fundação da Universidade de Línguas Estrangeiras Yuexiu de Zhejiang e na 20.ª edição do Fórum de Reitores das Universidades Asiáticas, intitulado “A Construção de uma Comunidade para o Ensino Superior da Ásia na Era Pós-Pandémica”. O Fórum contou com a participação de representantes de 72 instituições de ensino superior, provenientes de 18 países e regiões, para discutirem o plano de desenvolvimento para o ensino superior da Ásia e perspectivas de cooperação.

o Presidente do IPM, Professor Im Sio Kei, no discurso proferido na cerimónia virtual de abertura, referiu que, desde o regresso de Macau à Pátria e sob o apoio do Governo Central, Macau tem vindo a conseguir um rápido desenvolvimento na promoção da prosperidade, nos âmbitos da economia, da educação, da cultura e da sociedade. Na construção de “Um Centro, Uma Plataforma e Uma Base”, o IPM tem apoiado Macau através do reforço contínuo da cooperação com os países e as regiões de língua portuguesa aos níveis do ensino superior, da formação de quadros qualificados, entre outros, contribuindo, assim, para que Macau desenvolva a “Base de Formação de Quadros Qualificados Bilingues em Chinês e Português” e o “Centro de intercâmbio de inovação e empreendedorismo para jovens da China e dos Países de Língua Portuguesa”. O IPM também tem vindo a aprofundar a construção da “Aliança para o Ensino da Língua Portuguesa na Grande Baía”, aproveitando o papel de Macau, enquanto líder no ensino do português da Grande Baía Guangdong-Hong Kong-Macau. No que diz respeito aos desafios e oportunidades a enfrentar na era pós-pandémica, o IPM irá cooperar com outras universidades para promoverem juntos um intercâmbio de maior dimensão e de alto nível entre as instituições de ensino superior da Ásia e impulsionarem, também em conjunto, a cooperação no ensino superior não só a nível da Ásia, mas também a nível mundial.

A 20.ª edição do Fórum de Reitores das Universidades Asiáticas teve sessões referentes aos temas: Formação de Quadros Qualificados sob a iniciativa “Uma Faixa, Uma Rota” e Desenvolvimento de Qualidade do Ensino Superior, Sistema de Governança Universitária e Modernização da Capacidade de Governança, e Ensino Cooperativo Internacional na Era Pós-Pandemia. Através deste Fórum, as instituições de ensino superior reuniram-se para discutir o plano de desenvolvimento para o ensino superior na Ásia e perspectivas de cooperação, tendo obtido resultados importantes no que concerne à formação de talentos, à partilha de conhecimentos, às visitas mútuas de docentes e alunos e ao intercâmbio cultural, respetivamente. A equipa de investigadores e docentes do IPM participou e apresentou o MPI-Bell Centro de Inglês, assim como as suas melhores práticas, experienciadas ao longo dos 20 anos na formação de talentos de língua inglesa, de modo a satisfazer as necessidades na comunicação intercultural sob a iniciativa “Uma Faixa, Uma Rota”, uma cooperação internacional de grande dimensão, cuja prática traz benefícios a todos os seus intervenientes. Durante esta iniciativa, foi ainda solicitado que os trabalhos de formação da língua inglesa atinjam um patamar superior, para que este idioma internacional possa ser melhor aproveitado na promoção do intercâmbio cultural a nível global. O IPM continuará a aproveitar as suas valências no ensino e formação de línguas para formar mais talentos qualificados para o Estado.

Ver galeria


Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar