Estimativas do produto interno bruto (PIB) referentes ao 3º trimestre de 2021


No 3º trimestre de 2021 o Produto Interno Bruto (PIB) registou uma subida anual de 32,9%, em termos reais, ou seja, houve crescimentos positivos da economia de Macau em dois trimestres consecutivos. As exportações de serviços aumentaram 181,3% em termos anuais, devido ao acréscimo do número de visitantes, salientando-se os aumentos de 302,6% nas exportações de serviços do jogo e de 303,3% nas exportações de outros serviços turísticos, enquanto cresceram 51,4% as exportações de bens. O aumento do consumo privado compensou uma parte dos decréscimos, quer da despesa de consumo final do governo, quer da formação bruta de capital fixo, pelo que a procura interna desceu apenas ligeiramente 0,7%. As importações de bens subiram 43,7% e as importações de serviços ascenderam 16,0%, informam os Serviços de Estatística e Censos.

No trimestre em análise o deflactor implícito do PIB, que mede a variação global de preços, registou uma subida anual de 1,1%.

A despesa de consumo privado subiu 3,0% em termos anuais, destacando-se os aumentos de 3,2% da despesa de consumo final das famílias no mercado local e de 1,0% da despesa de consumo final no exterior.

A despesa de consumo final do governo desceu 3,8% em termos anuais, visto que no 3º trimestre de 2021 as despesas efectuadas pelo Governo da RAEM em prevenção pandémica e saúde foram inferiores às do trimestre homólogo de 2020. Salientam-se as variações de -6,9% nas compras líquidas de bens e serviços, e de +0,4% nas remunerações dos empregados.

A formação bruta de capital fixo registou um decréscimo anual de 4,1%, realçando-se as descidas de 3,7% no investimento em construção e de 5,9% no investimento em equipamento. Quanto ao sector público, o investimento em obras públicas caiu 20,5% em termos anuais, devido à conclusão das obras do Edifício do Posto Fronteiriço Qingmao e do reordenamento do Canal dos Patos, porém, subiu 32,9% o investimento em equipamento. Quanto ao sector privado, o investimento em construção privada registou uma subida anual de 2,0%, em virtude do aumento do investimento em alguns grandes projectos de construção. Todavia, desceu 10,8% o investimento em equipamento.

O crescimento das importações de bens foi impulsionado pela melhoria nas exportações de serviços, com aumentos anuais de 43,7% nas importações de bens e de 51,4% nas exportações de bens.

O número de visitantes entrados no 3º trimestre cresceu 1,4 vezes em termos anuais. Observaram-se subidas anuais de 302,6% nas exportações de serviços do jogo e de 303,3% nas exportações de outros serviços turísticos. Quanto às importações de serviços, aumentaram 16,0% em termos anuais.

Nos primeiros três trimestres de 2021 o PIB registou um aumento homólogo de 27,5% em termos reais. Quanto aos principais componentes do PIB, a despesa de consumo final do governo e a formação bruta de capital fixo desceram 0,3% e 0,9%, respectivamente, enquanto se observaram subidas de 9,0% na despesa de consumo privado, de 159,5% nas exportações de bens, de 87,7% nas importações de bens, de 19,0% nas importações de serviços e de 102,5% nas exportações de serviços, destacando-se o acréscimo de 79,4% nas exportações de serviços do jogo.



Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar