Cada vez mais as actividades artísticas interagem com o nosso dia-a-dia e cada vez mais os espectáculos entram no nosso quotidiano. A arte está ultrapassar os limites e a entrar nas nossas rotinas diárias? Ou já estamos a envolver a arte na nossa vida diária e já não há mais fronteiras?

Público-alvo: Maiores de 6 anos
N.º de participantes: 30
Inscrição por ordem de chegada
Idioma: Cantonense e mandarim

Oradores:
Pak Sheung Chuen (Hong Kong), Siraya Pai (Taiwan) , Cherrie Leong (Macau) e Lei Sam I (Macau)

Oradores

Pak Sheung Chuen (Hong Kong)
Graduado pelo Departamento de Belas Artes da Universidade Chinesa de Hong Kong, Pak dedica-se à fotografia, desenho e obras de arte conceptuais. Foi colunista do jornal de Hong Kong Ming Pao de 2003 a 2007. Escreveu vários livros, como See Walk What on 1 July, ODD ONE IN: Hong Kong Diary e ODD ONE IN II: Invisible Travel. Foi o representante de Hong Kong na Bienal de Veneza em 2009. Em 2012, recebeu o prémio Stand na Frieze London, o prémio de melhor artista nos Prémios Chineses de Arte Contemporânea e, em 2013, ganhou o prémio de melhor artista nos Prémios de Desenvolvimento das Artes de Hong Kong.

Siraya Pai (Taiwan)
Música e escritora, Siraya licenciou-se no Departamento de Línguas e Literaturas Estrangeiras, Universidade de Taiwan, e obteve um M.A. em Estudos Teatrais no Departamento de Teatro da Universidade de Illinois Urbana Champaign. Os seus trabalhos de tradução incluem PARKETT – 220 Artists Editions & Collaborations e Psychophysical Acting: an Intercultural Approach after Stanislavski. Em 2010, a sua crítica de arte ganhou o primeiro prémio nos Art Critic Awards. Siraya publica artigos na revista Performing Arts Review e em plataformas online como PAReview e ARTalks. Ela é uma das 17 nomeadas para o Taishin Arts Award.

Cherrie Leong (Macau)
Formada pela Universidade de Ciência e Tecnologia de Macau, com especialização em Gestão de Turismo Internacional, Cherrie estudou Inglês no Reino Unido. Em 2018, ganhou o Prémio Mais Popular no concurso Miss Chinese Talent International Competition (Macao). Em 2017, foi coordenadora do projecto This is my City, organizado pela Associação +853. Em 2013, organizou e apresentou em Hong Kong o espectáculo Light up The Dreams. Cherrie já se apresentou em concertos e trabalhou como letrista sendo, actualmente, aluna da Escola de Música do Conservatório de Macau.

Lei Sam I (Macau)
Lei formou-se no Departamento de Artes Teatrais da Universidade de Artes de Taipei, com especialização em Performance e estudou com Chu Hung Chang. Participou em peças infantis, musicais e trabalhou como actriz de dobragens e professora de teatro. Foi a apresentadora na 5.ª temporada do programa Time for Taiwan, produzido pelo Taiwan Tourism Bureau. É uma activa actriz de teatro e os seus trabalhos mais recentes incluem Sempre no Meu Coração, no 17.º Festival Fringe da Cidade de Macau, When Alice Meets Mr. Ötzi e a exposição Strange Matter no Centro de Ciência de Macau.

Mais detalhes

Fringe Talk: A Linha Entre a Arte e o Quotidiano


Conteúdo fornecido por: Instituto Cultural (IC)

Última actualização: 2018-12-07 21:50

Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar