Emília viaja a Macau para trabalhar como terapeuta ocupacional no Departamento de Psiquiatria do recém-inaugurado Hospital do Cotai. Ela sempre quis trabalhar em Macau, para assim concretizar o sonho de reencontrar o seu pai biológico, com quem perdeu o contacto. Como por um acaso, Emília descobre que um dos pacientes da ala psiquiátrica do hospital é o seu pai. Agora, nada detém Emília, que tudo fará para o proteger, nem mesmo os planos urdidos pela sua mulher.

O teatro em Patuá, uma importante característica de Macau, está agora inscrito na lista do Património Cultural Imaterial de Macau. O patuá é um dialecto de Macau com origem na língua portuguesa antiga, combinada com malaio, espanhol, concanim, inglês e cantonense, o que reflecte o papel de Macau como plataforma para o desenvolvimento multicultural.

Duração: Aproximadamente 2 horas e 30 minutos, incluindo um intervalo
Interpretado em patuá, com legendas em chinês, português e inglês

Dramaturgia e Direcção: Miguel de Senna Fernandes

Mais detalhes

Tirâ Pai na Putau (Tirar o Pai da Forca)


Conteúdo fornecido por: Instituto Cultural (IC)

Última actualização: 2019-05-16 21:45

Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar