Vacina da Gripe é segura e eficaz – Vacinação disponível Sábado e Domingo

Circulam na internet rumores de que a vacina da gripe é ineficaz. Os Serviços de Saúde salientam, novamente, que a vacinação é a medida mais eficaz para prevenção da gripe sazonal. A vacina pode reduzir o risco de infecção pela gripe e as suas complicações, que podem ser mortais.. Macau ainda se encontra no período de pico da gripe, registando-se contudo uma tendência de melhoria. Os Serviços de Saúde esperam que a gripe, nos próximos dias, se mantenha num nível activo, apelando que alguns grupos de risco, tais como idosos, crianças, grávidas, pessoas obesas e doentes crónicos, mais vulneráveis a complicações, se contraírem a gripe, devem recorrer rapidamente à vacinação.

A proporção entre o número de doentes gripais adultos que recorreram ao Centro Hospitalar Conde de São Januário e os doentes atendidos desceu no período de pico. A proporção passou de 70 pessoas por dia, para 40 pessoas por dia. Relativamente à proporção de doentes gripais crianças que recorrem à consulta e as crianças doentes atendidas, desceu. Do pico, por dia, de 120 crianças, passou nos últimos dias para 70 crianças. A taxa de ocupação de camas, do pico, 95%, passou para 90%.

Esta semana, foram notificados 10 casos de gripe colectiva, e desde o dia 1 de Janeiro até ao momento, foram registados 56 casos. Todos os casos ocorreram em estabelecimentos escolares, são vinte e dois (22) casos de gripe B, dois (2) casos de gripe A H1N1, dois (2) casos de gripe A H3N2, três (3) casos de infecção pelo metapneumovírus humano, um (1) caso da infecção pelo vírus Parainfluenza, vinte (20) casos com resultados negativos dos testes ou sem testes de amostra, e seis (6) casos aguardam resultados..

Até às 16H00, do dia 9 de Fevereiro, foram registados 28 casos de gripe acompanhados de pneumonia, 80% dos quais não foram vacinados, 23 dos quais tiveram alta, um caso mortal. Quatro pessoas continuam internadas em estado estável.

Para facilitar a vacinação, os centros de saúde e os postos de saúde irão proporcionar serviços especiais de vacinação, neste Sábado e Domingo (10 e 11 de Fevereiro) entre as 09:00 e as 13:00 não sendo necessário a marcação. As pessoas que fizeram a marcação podem, também caso estejam interessadas, recorrer à vacinação na hora acima referida.

Desde as 17H00 do dia 8 de Fevereiro até às 17H00 do dia 9 de Fevereiro foram agendadas 705 marcações, 362 dos quais são de crianças com idade inferior a 5 anos; ao mesmo tempo, 853 residentes foram vacinados, 220 dos quais são de crianças com idade inferior a 5 anos.

Para responder às necessidades de vacinação, os Serviços de Saúde encomendaram mais 45000 vacinas que estão a chegar progressivamente. Com esta encomenda o número de vacinas da gripe quadrivalentes, em Macau, perfazem um total de 165000 vacinas da gripe. Actualmente, cerca de 123.000 residentes já foram inoculados.

Os Serviços de Saúde reforçam que a vacina da gripe é segura há décadas. As vacinas influenza quadrivalentes não contêm vírus vivo, só possuem componentes antigénicos que aumentam a imunidade e evitam a infecção ou propagação de vírus de gripe.

Na produção de vacina geral, é aproveitado embrião de galinha com ovo fertilizado (exclusivo produzir a vacina), para cultivar o vírus. Em seguida, o componente antigénico e vírus foram purificados por meio biológicos, existindo poucas proteínas na vacina. Todavia, aqueles que tenham alergia moderada aos ovos, não sendo contra-indicado podem administrar a vacina. A vacina que está a ser utilizada é uma injeção pré-cheia de dose, parecida com outras vacinas utilizadas, mas não contém compostos de mercúrio. Em geral, as vacinas contra a gripe não são usadas como adjuvantes.

Como Macau se encontra no período pico da gripe não se pode excluir a possibilidade de aparecimento de casos graves de gripe e até casos mortais. Daí que os Serviços de Saúde apelem aos residente para que cumpram de forma rigorosa as medidas de prevenção. Os Serviços de Saúde continuam atentos à situação de gripe bem como mantêm um contacto permanente com outros serviços ou entidades caso exista necessidade de ajustar a actual situação de acordo com eventuais mudanças no comportamento da gripe.
Para diminuir a infecção da gripe e de outras doenças do tracto respiratório superior, os Serviços de Saúde pretendem sensibilizar os cidadãos a tomar as seguintes medidas de prevenção:
1. Vacinar-se anualmente contra a gripe sazonal;
2. Assegurar que todos os membros do agregado familiar têm um sono adequado, uma alimentação equilibrada e uma prática frequente de desporto;
3. Manter o hábito de uma boa higiene pessoal e lavar frequentemente as mãos;
4. Cobrir a boca e o nariz quando espirrar ou tossir, bem como manusear cautelosamente as secreções orais e nasais expelidas com um lenço de papel e deitá-lo num caixote de lixo com tampa e depois limpar imediatamente as mãos;
5. Manter uma boa ventilação de ar e uma boa higiene ambiental;
6. Usar máscara no caso de ter sintomas de gripe, de necessitar de cuidar de doentes ou de recorrer a um hospital ou clínica;
7. Em caso de indisposição, recorra de imediato a um médico e permaneça em casa para descanso.
Para informações detalhadas, os interessados podem consultar o sítio electrónico dos Serviços de Saúde ( http://www.ssm.gov.mo/csr/ ) ou ligar para a linha aberta de informações dos Serviços de Saúde (28 700 800).



Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar