Left off-canvas

An off-canvas can hold any content you want.

Close this off-canvas by clicking on the backdrop or press the close button in the upper right corner.

 

Some details

  • Width
    240px
  • Height
    100%
  • Body scroll
    disabled
  • Background color
    Default

Reunião entre a DSAL, a DSAMA e a Associação de Auxílio Mútuo de Pescadores sobre o “Plano de formação para pescadores durante o período de defeso da pesca”

Para levar a cabo os diversos trabalhos do “Plano de formação para pescadores durante o período de defeso da pesca” de 2019, a Direcção dos Serviços para os Assuntos Laborais (DSAL), a Direcção dos Serviços de Assuntos Marítimos e de Água (DSAMA) e a Associação de Auxílio Mútuo de Pescadores (AAMP) realizaram recentemente uma reunião para ouvir as opiniões das associações de pescadores e discutir a programação do Plano para este ano.

O “Plano de formação para pescadores durante o período de defeso da pesca” foi implementado em 2009 e tem como objectivo apoiar os pescadores a ultrapassarem as dificuldades económicas que têm de enfrentar durante os três meses e meio de período de defeso da pesca (1 de Maio a 16 de Agosto) por não poderem pescar, bem como aproveitar esse período para lhes ensinar diferentes técnicas profissionais, alargando as suas saídas profissionais. Os pescadores podem receber um subsídio de formação calculado de acordo com a sua taxa de frequência nas aulas, atenuando, desse modo, as suas dificuldades económicas.

Dado que este Plano foi lançado há mais de dez anos, entendeu-se, face à situação concreta da sociedade, ser necessário proceder à sua optimização, para que o mesmo proporcione uma formação mais adequada aos actuais pescadores. Assim, para o Plano deste ano, e após troca de ideias com os representantes do sector, os candidatos deverão apresentar o “cartão de pescador (Guangdong, Hong Kong e Macau)”, bem como declarar que a sua ocupação actual é pescador, devendo juntar as informações dos serviços competentes para ser efectuada a verificação das qualificações, de modo a garantir que os pescadores possam elevar as suas técnicas profissionais através de cursos de formação.

As inscrições para o Plano deste ano têm início em finais de Março e os cursos serão realizados em Junho, e terão uma duração de 96 horas, abrangendo uma ampla variedade de áreas de formação para os pescadores escolherem, incluindo, carpintaria, obras de decoração, electricidade, vigilante de crianças, beleza, cabeleireiro, guarda de segurança, docente de cultura, marketing online, cozinha chinesa, acepipes chineses, cozinha ocidental e acepipes ocidentais, etc...



Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar