A Conferência Anual da LBDA realiza-se no IPM

Realiza-se no Instituto Politécnico de Macau a cerimónia de abertura da Conferência Anual da LBDA 2019

A Conferência Anual da Language Big Data Alliance (LBDA) realizou-se na manhã de 2 de Abril no Instituto Politécnico de Macau, com o tema de "Futuro · Infinito". O Instituto Politécnico de Macau, sendo um dos membros do Conselho da Aliança e uma das entidades promotoras da LBDA, é também a instituição de ensino superior de organização desta conferência anual 2019; conferência esta que recebe especialistas e académicos provenientes de diversas áreas de todo o mundo. A Conferência Anual da LBDA 2019 conta com a presença de vários ilustres convidados: Ip Peng Kun, o Chefe do Gabinete do Secretário para os Assuntos Sociais e Cultura do Governo da RAEM, Gou Ren Min, o Vice-Presidente do Gabinete de Apoio ao Ensino e Juventude do Gabinete de Ligação do Governo Central na RAEM, Huang You Yi, Hanrelle Lee-Janke e Zhong Wei He, Co-presidentes da LBDA, Im Sio Kei, Presidente do Instituto Politécnico de Macau, e Teng Sio Hong, Subdirector substituto do Instituto de Educação do Governo da RAEM, entre outros.

No seu discurso, o Presidente do Instituto Politécnico de Macau, Im Sio Kei, manifestou as boas vindas aos representantes dos membros da Aliança e aos especialistas e académicos. Em articulação com a iniciativa "Uma Faixa, Uma Rota" e com o Plano de desenvolvimento para a Grande Baía Guangdong-Hong Kong-Macau, o Instituto Politécnico de Macau, em colaboração com a Companhia Global Tone Communication Technology (GTCOM) e com a Universidade de Estudos Estrangeiros de Guangdong, inaugurou o Laboratório de Tradução Automática Chinês‑Português‑Inglês, tendo como núcleo de estudo a inteligência artificial e a tradução automática, e como serviços essenciais os dos dados bilingues, neste caso, chinês e português. Com menos de três anos de existência, o laboratório lançou, sucessivamente, um sistema de tradução de documentos oficiais chinês-português para as instituições da Administração Pública de Macau, bem como uma premiada aplicação de aprendizagem do português para os telemóveis "Diz Lá!". A fim de enriquecer o volume e a diversidade dos corpora de tradução automática, o Instituto Politécnico de Macau organizou com sucesso, nos últimos dois anos consecutivos, o Concurso Mundial de Tradução Chinês-Português. A terceira edição do concurso, atraiu mais de 160 equipas de Portugal, do Brasil, do interior da China e de Macau, dimensão esta inédita.

Huang Youyi, o Co-Presidente da Language Big Data Alliance (LBDA), proferiu um discurso dizendo que o número de membros da Aliança aumentou para mais de 240, incluindo todas as províncias e regiões do país, como Hong Kong, Macau e Taiwan. As instituições internacionais aumentaram para cerca de 30, abrangendo as da Europa, América e Austrália. A plataforma de partilha de recursos online LITx Academy, estabelecida pela LBDA, foi bem aplicada internamente, e a aliança contribuiu também no sucesso do Conselho de ChefesdoEstado da Organização de Cooperaçãode Xangai. Foram concluídos com sucesso os trabalhos envolvidos no âmbito dos projectos de Glossários Essenciais da China e têm sido realizados projectos de revisão de tradução automática a nível nacional de grande envergadura. Para além disto tudo, foram obtidos bons resultados na expansão e no desenvolvimento de projectos na Europa, nos EUA, na Rússia e na Austrália, etc.. Foi proferido um discurso de boas-vindas da Co-Presidente da LBDA, Hannelore Lee-Janke, seguido pelos discursos da Zhang Xiaodan, vice-presidente da GTCOM, e do Lai Xu Long, vice-reitor da Universidade de Geociências da China. Posteriormente, com a testemunha conjunta dos convidados, foi lançado o Sistema de Reconhecimento de Voz e Interpretação Simultânea Chinês‑Português‑Inglês e assinaram-se protocolos do “GTCOM-China University of Geosciences: Geoscientific Big Data Lab” e do “GTCOM-Centre of Cultural and Financial Research, Central University of Finance and Economics: Financial Big Data Lab”.

A cerimónia de abertura da manhã foi seguida pelo Fórum dos Reitores com o tema de "Big Data Promove Educação Global na Era da Inteligência Artificial", presidida por Zhong Weihe, Co-Presidente da LBDA. Os oradores nesta sessão do fórum incluíram Huang Youyi, Co-Presidente da LBDA, Zhu Chaowei, Presidente da Universidade de Estudos Internacionais de Sichuan, Lai Xulong, Vice-Presidente da Universidade de Geociências da China e Hannelore Lee-Janke, Co-Presidente da LBDA. Os discursos de apresentação foram muito inspiradores, seguidos por discursos ativos e debates aprofundados com os participantes.

A sessão da tarde desta Conferência Anual foi iniciada pelo fórum "A aplicação da inteligência artificial e do Big Data na prática", presidida pela Han Lili, Diretora da Escola Superior de Línguas e Tradução do IPM. Haruki Matsuda, presidente da Kaodensha Co. Ltd, fez o discurso principal. Outros oradores nesta sessão incluíram Lv Shijie, Presidente do Centro de Investigação Cultural e Financeira da Universidade Central de Finanças e Economia; Guo Qing, diretor do Centro MTI da Universidade do Sudeste; Zhang Yunfeng, Diretor do Centro Pedagógico e Científico do IPM, e Zhang Jide, Secretário da Faculdade de Línguas Estrangeiras da Universidade de Geociências da China.

O subsequente fórum sobre “O Compartilhamento de Recursos Educacionais Globais" foi apresentado pela Professora Liu Heping, da Universidade de Língua e Cultura de Pequim. Um discurso inspirador foi proferido pelo Professor Wang Lifei da mesma instituição. Seguiram-se discussões activas do Zhang Ailing da Universidade de Estudos Internacionais de Xangai, do Professor Ping Hong, da Universidade de Estudos Estrangeiros de Guangdong, do Stanley Kan, Director de I&D da Associação de Desenvolvimento Profissional de Macau e do Bu Zhanting, Vice-presidente da Faculdade de Línguas Estrangeiras da Universidade de Qingdao. Todos os palestrantes expressaram as suas perspectivas sobre a integração e o compartilhamento de recursos educacionais com base nas suas respectivas regiões ou instituições, incluindo o seu estado atual e as futuras perspectivas.

Os representantes dos membros da Language Big Data Alliance (LBDA), os especialistas das diversas instituições do ensino superior e os académicos discutiram profundamente sobre o desenvolvimento educativo de Big Data e da era da inteligência artificial, a partilha de recursos educativos, a inteligência artificial e a aplicação de megadados nas áreas de ensino, de investigação científica e de outras áreas práticas. Acredita-se que com a prosperidade no desenvolvimento da “Grande Baía Guangdong-Hong Kong-Macau” e sob o grande contexto do desenvolvimento da iniciativa "Uma Faixa, Uma Rota", a tecnologia, a educação e a inteligência artificial estarão intimamente ligadas, criando, em conjunto, o “Futuro” “Infinito”.

Ver galeria


Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar