Serviços de Saúde: Detectados quatro (4) casos de infecção colectiva de gripe

Os Serviços de Saúde foram notificados, terça-feira (dia 9 de Abril), para o diagnóstico de quatro (4) casos de infecção colectiva de gripe.

O primeiro caso foi diagnosticado em cinco (5) alunas da Turma P6C do Colégio de Santa Rosa de Lima (Secção Inglesa) situado na Avenida Dr. Rodrigo Rodrigues, com idades compreendidas entre os 11 e os 12 anos;

O segundo caso foi detectado na Turma P1(3) da Escola Secundária Hou Kong (Seccão Primaria), situada na Rua Afonso de Albuquerque, tendo sido infectados seis (6) alunos, três (3) do sexo masculino e três (3) do sexo feminino, todos com 6 anos de idade;

O terceiro caso foi detectado na Turma K2A do Colégio Diocesano de São José, 4ª Escola, localizada na Rua da Sé, tendo sido infectados seis (6) alunos, três (3) do sexo masculino e três (3) do sexo feminino, com idades compreendidas entre os 4 e os 5 anos;

O quarto caso foi detectado na Turma P3B da Escola Secundária Pui Ching, localizada na Avenida de Horta e Costa, tendo sido infectados sete (7) alunos, quatro (4) do sexo masculino e três (3) do sexo feminino, com idades compreendidas entre os 8 e os 9 anos.

Desde os dias 4 de Abril respectivamente, os alunos destas quatro escolas manifestaram sintomas de infecção do sistema respiratório como febre, tosse e dores na garanta, entre outros.

A maioria das crianças recorreram a instituições médicas para tratamento, das quais um paciente da turma P3B da Escola Secundária Pui Ching encontra-se internado por causa de febre, sendo seu estado clínico estável. O estado clínico de outras crianças é considerado ligeiro, não havendo registo de qualquer caso com sintomas anormais do sistema nervoso ou de outras complicações graves.

Parte dos doentes tinha sido submetido à vacina contra a gripe sazonal de 2018-2019. Os Serviços de Saúde realizam a colheita de amostras do sistema respiratório para análises laboratoriais. As quatro escolas já aplicaram medidas de controlo, como o reforço na desinfecção, limpeza e manutenção da ventilação de ar no interior das instalações, assim como o cumprimento rigoroso da norma que os alunos doentes não podem ir à escola.

Os Serviços de Saúde pretendem sensibilizar os cidadãos que a adopção das medidas de prevenção que se seguem poderá diminuir a infecção da gripe e de outras doenças do tracto respiratório superior:

  1. Vacinar-se anualmente contra a gripe sazonal;
  2. Assegurar que todos os membros do agregado familiar têm um sono adequado, uma alimentação equilibrada e uma prática frequente de desporto;
  3. Manter o hábito de uma boa higiene pessoal e lavar frequentemente as mãos;
  4. Cobrir a boca e o nariz ao espirrar ou tossir, bem como manusear cautelosamente as secreções orais e nasais expelidas com um lenço de papel e deitá-lo num caixote de lixo com tampa e depois limpar imediatamente as mãos; Se não tiver um lenço, cobrir a boca e o nariz com o antebraço, em vez de usar as mãos;
  5. Manter uma boa ventilação de ar e uma boa higiene ambiental;
  6. Evitar o deslocamento a locais lotados;
  7. Usar máscara no caso de ter sintomas de gripe, de necessitar de cuidar de doentes ou de recorrer a um hospital ou clínica;
  8. Em caso de indisposição, recorrer de imediato a um médico e permanecer no domicílio para descanso.

Para informações detalhadas, os interessados podem consultar a página electrónica dos Serviços de Saúde (http://www.ssm.gov.mo/csr/) ou ligar para a linha aberta de informações dos Serviços de Saúde (28 700 800).



Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar