Índice de preços turísticos (IPT) referente ao 1º trimestre de 2019

O Índice de Preços Turísticos (IPT) foi de 137,92 no primeiro trimestre de 2019, tendo subido 0,72% em termos anuais. Este crescimento foi impulsionado principalmente pela ascensão de preços: do alojamento em hotéis; dos serviços de restauração, bem como dos pastéis e doces, porém, os preços do vestuário e das malas diminuíram, pelo que compensaram parte do crescimento. Entre as várias secções de bens e serviços, o índice de preços da secção divertimento e actividades culturais aumentou 3,93%, face ao primeiro trimestre de 2018, em virtude da subida de preços dos bens de lazer, como sejam os fogos de artifício e os panchões, durante as festividades do Ano Novo Lunar. Além deste, os índices de preços das secções alojamento e produtos alimentares, bebidas alcoólicas e tabaco aumentaram 3,73% e 3,28%, respectivamente. Pelo contrário, os índices de preços das secções vestuário e calçado (-6,94%) ebens diversos (-2,50%)decresceram, informam os Serviços de Estatística e Censos.

No primeiro trimestre de 2019 o IPT diminuiu 1,35%, quando comparado com o quarto trimestre de 2018. Salienta-se que os índices de preços das secções vestuário e calçado e alojamento baixaram 8,58% e 1,61%, respectivamente, em termos trimestrais, graças aos saldos do vestuário de Inverno, bem como à queda de preços dos quartos de hotéis. Por seu turno, registaram-se acréscimos nos índices de preços das secções divertimento e actividades culturais (+2,78%) e produtos alimentares, bebidas alcoólicas e tabaco (+1,16%).

O IPT médio dos quatro trimestres terminados no trimestre de referência, em relação aos quatro trimestres imediatamente anteriores, aumentou 0,55%, observando-se os acréscimos mais relevantes nos índices de preços das secções produtos alimentares, bebidas alcoólicas e tabaco (+3,98%) e divertimento e actividades culturais (+2,43%). Em contrapartida, registou-se uma diminuição no índice de preços da secção vestuário e calçado (-5,15%).

O IPT reflecte a variação de preços dos bens e serviços adquiridos pelos visitantes em Macau. As secções do IPT de bens e serviços baseiam-se na estrutura de consumo dos visitantes, nomeadamente: produtos alimentares, bebidas alcoólicas e tabaco; vestuário e calçado; alojamento; restauração; transportes e comunicações; medicamentos e bens de uso pessoal; divertimento e actividades culturais, bem como bens diversos.

Os dados estatísticos detalhados sobre o IPT podem ser consultados nos respectivos quadros estatísticos ou na Base de Dados Estatísticos através do website destes Serviços (www.dsec.gov.mo).



Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar