Poesia Lírica – Trabalhos de Artistas de Macau e Portugal da Colecção do MAM Uma viagem poética de intercâmbio entre as culturas chinesa e portuguesa

Pessanha e a Máscara Carlos Marreiros 1986 Acrílico sobre tela 122 x 122 cm O poeta português Pessanha é “a figura mais famosa da literatura portuguesa em Macau”. Pessanha é frequentemente retratado nos criativos quadros do artista macaense Carlos Marreiros, ilustrando a busca e criação dos macaenses pelos encantos culturais orientais e ocidentais.

Organizada pelo Museu de Arte de Macau (MAM) do Instituto Cultural, a exposição Poesia Lírica - Trabalhos de Artistas de Macau e Portugal da Colecção do MAM, estará aberta ao público a partir de 13 de Julho, na Galeria de exposições especiais, no 3.º andar do MAM. Esta exposição apresenta mais de 90 obras destacadas da colecção do MAM, desde pinturas a óleo, acrílicos e aguarelas, a pinturas de técnica mista, esculturas e instalações que reflectem bem a criatividade dos artistas contemporâneos, bem como ricas conotações culturais chinesas e portuguesas. A exposição é aberta ao público em geral.

A exposição apresenta obras de 60 artistas, incluindo artistas locais chineses e macaenses, bem como artistas portugueses que se estabeleceram ou exibiram em Macau, apresentando obras de Júlio Pomar, Vieira da Silva, Bartolomeu dos Santos, Luís Demée, Carlos Marreiros, Mio Pang Fei, Kwok Woon, Manuel Cargaleiro, José de Guimarães e outros mestres. Os seis temas da exposição, “Perspectivas de Visualização”, “Cor de Macau”, “Diálogo entre Materiais”, “Alma Abstrata”, “Ondulação dos Mestres” e “Em Viagem”, reflectem os resultados do intercâmbio entre os artistas de Macau e de Portugal nos últimos 30 anos, envolvendo o público numa viagem poética de intercâmbio.

A partir da década de 1980, com a economia de Macau em rápido crescimento, um grande número de artistas portugueses, artistas locais chineses e macaenses têm vindo a explorar a sua inspiração no enriquecedor ambiente cultural de interpenetração mútua entre as culturas chinesa e portuguesa, criando constantemente novos pensamentos e forças impulsionadoras, e formando um dos importantes símbolos culturais de Macau. Ao longo dos anos, o Museu de Arte de Macau coleccionou obras de arte modernas e contemporâneas a partir dos anos 80, coleccionando obras premiadas, doações e aquisições.

Poesia Lírica - Trabalhos de Artistas de Macau e Portugal da Colecção do MAM, é um dos eventos de “Arte Macau” e de 2.º Encontro em Macau - Festival de Artes e Cultura entre a China e os Países de Língua Portuguesa. A exposição está aberta ao público até 4 de Novembro. O Museu de Arte de Macau, sito na Avenida Xian Xing Hai, no NAPE, em Macau, está aberto diariamente (incluindo os dias feriados) entre as 10:00 e as 19:00 horas (última admissão às 18:30 horas), encerrando à segunda-feira. A entrada é livre. Para mais informações, é favor aceder à página electrónica do MAM em www.MAM.gov.mo Para informações sobre “Arte Macau”, é favor visitar a página respectiva em www.artmacao.mo, a conta oficial no Instagram “artmacao”, “IC Art” no Facebook e a conta no WeChat “ICmacao”.

Ver galeria


Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar