O Governo voltou a realizar uma sessão de partilha sobre o Regime de Queixas dos Trabalhadores dos Serviços Públicos

Sessão de partilha sobre o Regime da Gestão do Tratamento de Queixas Apresentadas por Trabalhadores dos Serviços Públicos

No passado dia 11, realizou-se uma sessão de partilha sobre o regime de gestão do tratamento de queixas apresentadas por trabalhadores dos serviços públicos na sala de reuniões do Centro de Ciência de Macau. Nesta sessão, os membros da Comissão de Gestão do Tratamento de Queixas Apresentadas por Trabalhadores dos Serviços Públicos (adiante designada por “Comissão”) partilharam com o pessoal responsável pelo tratamento de queixas dos serviços públicos a sua experiência e entendimento do trabalho que envolve o tratamento de queixas. A sessão contou com a participação de 150 pessoas que comunicaram e interagiram numa boa atmosfera.

A Comissão convidou vários serviços públicos que no ano passado trataram de casos de queixas dos trabalhadores para estes partilharem a sua experiência. Os oradores acham em geral que os casos de queixas têm causas complicadas, devendo os serviços públicos ao acompanhar os casos, além de se empenharem em resolver as disputas, também devem ter em consideração as necessidades psicológicas de ambas as partes envolvidas na queixa, de modo a prestarem o apoio e assistência adequados. Os oradores apontaram também que é útil frequentar os cursos de formação organizados pela Comissão e pelo SAFP para melhorar as técnicas do tratamento de queixas.

Lei Pui Lam, presidente da Comissão, Leong Iuk Wa e Kuong Iuk Kao, membros da Comissão, partilharam experiências laborais com os participantes. A Comissão agradeceu todo o apoio e cooperação prestados pelos serviços públicos no regime de queixas, já que no acompanhamento dos casos ficou a saber que os serviços públicos valorizam as queixas apresentadas pelos trabalhadores, tratam cada uma com seriedade, e que tudo isto faz o regime de queixas desempenhar o seu papel com sucesso. Os membros da Comissão revelaram que, é diálogos anteriores com os trabalhadores utentes do regime de queixas, os queixosos reconheciam já, de modo geral, o empenho e a responsabilidade dos serviços públicos neste âmbito, afirmando que as propostas de tratamento ajudavam a resolver os problemas e que o regime servia os trabalhadores dos serviços públicos como uma plataforma neutra de comunicação e um caminho suave para resolver os problemas.

A Comissão vai continuar a cooperação com o SAFP na organização dos cursos de formação destinados aos trabalhadores envolvidos no tratamento de queixas dos serviços públicos, e a aperfeiçoar as “Instruções para o Tratamento de Queixas Apresentadas por Trabalhadores dos Serviços Públicos” com a experiência acumulada no acompanhamento dos casos e os feedbacks dos serviços públicos. Além disso, para permitir aos trabalhadores dos serviços públicos conhecerem melhor os objectivos, as precauções e os procedimentos de tratamento, eliminarndo assim, as suas preocupações ao apresentar queixas, a Comissão produziu um curto desenho animado promocional que será disponível no Website para os Funcionários Públicos da RAEM e no website da Comissão de Gestão do Tratamento de Queixas Apresentadas por Trabalhadores dos Serviços Públicos.

Por último, o Presidente Lei Pui Lam apelou aos serviços públicos para explicarem e divulgarem aos seus trabalhadores os efeitos e os meios da apresentação de queixas, encorajou os serviços públicos tanto no seu trabalho quotidiano como no tratamento de queixas a manterem-se fieis à aspiração inicial, terem sempre em mente a sua missão, colocando-se e pensando mais no lugar dos outros, intensificarem a comunicação, para que o regime de queixas dos trabalhadores dos serviços públicos desempenhe um melhor papel, no intuito de optimizar a gestão dos serviços e criar em conjunto um ambiente harmonioso de trabalho.

Ver galeria


Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar