Chefe do Executivo agradece atenção do Governo Central na resposta de Xi Jinping à carta enviada por idosos de Macau (Tradução GCS)

O Chefe do Executivo, Chui Sai On, expressou sincera gratidão, em nome do Governo da Região Administrativa Especial de Macau (RAEM), pela consideração e carinho demonstrados pelo Presidente Xi Jinping aos idosos de Macau, na sequência da sua resposta à carta a si endereçada por todos os membros do grupo dos idosos voluntários do Centro I Chon da União Geral das Associações dos Moradores de Macau, no âmbito do 70º Aniversário da Implantação da República Popular da China e do Dia Chong Yeong (Culto dos Antepassados).

O Chefe do Executivo salientou ser a terceira resposta do Presidente Xi Jinping aos residentes de Macau, relembrando a primeira dirigida, no ano passado, aos estabelecimentos do ensino superior de Macau e a segunda aos alunos da Escola de Talentos Anexa à Escola Hou Kong de Macau, o que não só demonstra a atenção do presidente Xi Jinping aos residentes da RAEM como também representa um grande incentivo para a população em geral.

De entre as palavras escritas na sua carta, o Presidente Xi Jinping expressa um afecto sincero, que para além de ser uma saudação aos todos os idosos voluntários do Centro I Chon da União Geral das Associações dos Moradores de Macau reflecte o carinho do dirigente do País e do Governo Central aos idosos de Macau. Na carta, para além de reconhecer o sentimento de amar a Pátria e amar Macau dos residentes de Macau expressa também os desejos da herança e desenvolvimento do amor patriótico de Macau pelo que junto da população em geral, revela uma enorme confiança e incentivo.

O Governo da RAEM irá, com seriedade, aprender e transmitir o espírito inscrito nesta carta e tendo sempre em mente a tarefa exigida, continuará a promover, através de diferentes formas educativas e de sensibilização, o espírito de respeitar, amar e cuidar dos idosos, bem como, a apostar os meios disponíveis para encorajar os mesmos a desempenharem o papel de apoiante, orientadores e instrutores, através das próprias acções e palavras, na transmissão e reforço do espírito de amar a Pátria e amar Macau.

As autoridades de Macau irão ainda implementar o espírito descrito na carta do Presidente Xi Jinping tendo em mente as instruções e os desejos, expressos pelo mesmo responsável, para desempenhar, unir e liderar os sectores da sociedade local assim como manter firme a base de “Um País”e beneficiar ao máximo das vantagens de “Dois Sistemas”, encarar o futuro e aproveitar a situação actual, continuando a enriquecer e a aperfeiçoar a prática de "Um País, Dois Sistemas" na garantia dos valores essenciais de amar a Pátria e amar Macau, na transmissão destes princípios de geração em geração e na promoção da integração de Macau no desenvolvimento nacional sob a premissa de contribuir para o bem-estar dos residentes e na garantia de um futuro melhor para Macau.



Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar