Estatísticas dos transportes e comunicações referentes a Setembro de 2019

Até ao final de Setembro de 2019 havia 239.255 veículos matriculados, tendo-se observado um crescimento ligeiro de 0,2%, face ao final de Setembro de 2018. Salienta-se que dos veículos matriculados o número de automóveis ligeiros (108.549) e o de motociclos (99.050) subiram 0,9% e 2,2%, respectivamente, enquanto o de ciclomotores (24.283) baixou 8,8%. Em Setembro do corrente ano o número de veículos com matrículas novas equivaleu a 1.189, mais 8,9%, em relação a Setembro do ano anterior. De entre estes veículos, o número de motociclos (759) subiu 21,4%, porém, o de automóveis ligeiros (383) diminuiu 5,9%. Nos três primeiros trimestres deste ano o número de veículos com matrículas novas foi de 9.155, menos 15,9%, face ao mesmo período do ano passado. No mês em análise ocorreram 1.323 acidentes de viação, mais 22,5% em termos homólogos e verificaram-se 433 vítimas, 1 das quais morreu. Nos três primeiros trimestres do corrente ano registaram-se 10.238 acidentes de viação e o número de vítimas totalizou 3.379, informam os Serviços de Estatística e Censos.

Em Setembro de 2019 o movimento de automóveis nos postos fronteiriços fixou-se em 444.626, ou seja, mais 14,5%, em termos anuais. Destaca-se que o movimento de automóveis no Posto Fronteiriço do Cotai (137.920) aumentou 13,8%, contudo, nas Portas do Cerco (262.749) desceu ligeiramente 0,4%. Além disso, o movimento de automóveis na Ponte Hong Kong-Zhuhai-Macau foi de 40.715. Nos três primeiros trimestres de 2019 o movimento de automóveis nos postos fronteiriços totalizou 3.962.188, mais 8,9%, face ao período homólogo de 2018. No mês de referência realizaram-se 5.972 voos comerciais no Aeroporto Internacional de Macau, mais 20,9%, em termos homólogos. Realça-se que os números de voos entre Macau e o Interior da China (2.560), bem como entre Macau e Taiwan (1.048) cresceram 29,4% e 10,3%, respectivamente. Nos nove primeiros meses deste ano realizaram-se 54.725 voos comerciais, mais 19,7%, relativamente ao idêntico período do ano passado.

No mês em análise o peso bruto da carga contentorizada entrada e saída do Território por via terrestre fixou-se em 2.213 toneladas, aumentando 36,7% em termos anuais. Salienta-se que pelo Posto Fronteiriço do Cotai a carga entrada e saída correspondeu a 1.954 toneladas, tendo subido 25,9%. Por seu turno, o peso bruto da carga contentorizada entrada e saída do Território pelos portos correspondeu a 12.558 toneladas, menos 16,5% em termos anuais, realçando-se que as cargas entradas e saídas pelo Porto Interior (6.515 toneladas) e pelo Porto de Ká-Hó (6.043 toneladas) desceram 18,9% e 13,6%, respectivamente. Nos três primeiros trimestres de 2019 o peso bruto da carga contentorizada entrada e saída por via terrestre totalizou 14.408 toneladas, mais 29,7%, face ao período homólogo de 2018, contudo, o peso bruto da carga contentorizada entrada e saída pelos portos fixou-se em 111.445 toneladas, tendo descido 10,7%.

No mês de referência a carga aérea movimentada no Aeroporto Internacional de Macau situou-se em 3.246 toneladas, ou seja, mais 4,4%, em termos anuais. Destaca-se que a carga importada (599 toneladas) e a carga exportada (2.195 toneladas) subiram 7,3% e 11,8%, respectivamente, porém, a carga em regime de trânsito (453 toneladas) diminuiu 22,9%. Nos nove primeiros meses do corrente ano a carga aérea movimentada foi de 28.373 toneladas, tendo-se observado um crescimento de 1,0%, face ao mesmo período do ano anterior.

No final de Setembro de 2019 havia 118.171 utentes de telefone da rede fixa e 2.141.849 utentes de telemóvel, tendo-se observado decréscimos de 6,5% e 7,2%, respectivamente, face ao final de Setembro de 2018. Quanto aos serviços de internet, existiam 574.915 assinantes registados, isto é, mais 7,6%. No mês em análise foram utilizadas 137 milhões de horas dos serviços de internet, ou seja, verificou-se um aumento homólogo de 30,2%. Nos três primeiros trimestres deste ano, foram utilizadas 1,17 mil milhões de horas dos serviços de internet, ou seja, registou-se um acréscimo de 26,6%, relativamente ao idêntico período do ano precedente.



Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar