Trabalhadores domésticos e empregadores devem colaborar na prevenção da epidemia

Para evitar o risco de propagação da pneumonia do novo coronavírus, o Governo da Região Administrativa Especial de Macau (RAEM) apela aos diversos sectores sociais para evitarem ou reduzirem as actividades no exterior que sejam desnecessárias ou haja aglomeração de pessoas.

Os trabalhadores domésticos prestam serviços domésticos para os empregadores, por isso devem manter frequentemente a higiene pessoal, enquanto os empregadores devem, consoante a situação em concreto, determinar tarefas e comunicar de boa fé com os seus trabalhadores, garantindo a segurança e a saúde da sua família e dos trabalhadores.

Durante o período de combate à epidemia, os empregadores devem ponderar, conforme as suas próprias condições, sobre o pernoitamento no local de trabalho dos trabalhadores domésticos com alojamento fora, enquanto estes devem, por sua vez, colaborar na medida do possível com as diligências tomadas pelo empregador, reduzindo desse modo a saída de casa, para diminuir o risco de propagação da doença, fazendo conjunta e concretamente um bom trabalho de prevenção.

O Governo da RAEM vai continuar a reforçar o trabalho de divulgação sobre a prevenção da epidemia, divulgando ao público, através de diversas plataformas, informações actualizadas sobre a epidemia e sua prevenção, sendo que os Serviços de Saúde dispõem de uma “página electrónica especial contra epidemias” em várias línguas, para pessoas de diferentes línguas poderem obter informações.

Para mais informações podem consultar essa página (www.ssm.gov.mo/PreventWuhaninfection).



Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar