Instituto Cultural cancela o 31.º Festival de Artes de Macau este ano, devido ao impacto da propagação do novo tipo de coronavírus no mundo


Devido ao impacto da propagação do novo tipo de coronavírus em todo o mundo, após uma avaliação cuidadosa dos riscos de epidemia, o Instituto Cultural (IC) tomou uma decisão difícil, anunciando o cancelamento do 31.º Festival de Artes de Macau, programado originalmente para Maio de 2020.

O IC tem acompanhado de perto o desenvolvimento da situação epidémica. Actualmente, a situação epidemiológica internacional está em constante evolução, sendo que Macau ainda está numa fase crítica de prevenção e controlo. Relativamente ao Festival de Artes de Macau (FAM), metade do programa vem do exterior, e o calendário de ensaios, originalmente agendado pelos grupos artísticos locais a partir de Fevereiro, também foi afectado. Além disso, existem vários factores incertos nos aspectos de transporte, logística e ensaios.

Tendo em conta a disseminação da epidemia, evitar o movimento transfronteiriço é uma das medidas preventivas para reduzir o risco de transmissão de vírus. A fim de garantir a segurança e a saúde do público e dos grupos de actuação, o IC vai cancelar o FAM deste ano. O 31.º Festival de Artes de Macau será adiado para 2021.

O IC agradece a compreensão e o apoio das diversas entidades e irá colaborar com os trabalhadores culturais e artísticos na luta contra a epidemia. No futuro, continuará a apresentar aos residentes espectáculos diversificados e extraordinários, e a criar mais condições e espaços para apoiar grupos de arte locais, trabalhando em conjunto para a recuperação social. As informações mais recentes do IC podem ser consultadas na página electrónica www.icm.gov.mo, na conta do WeChat “ICmacao” ou na página “IC Art” no Facebook.

Ver galeria


Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar