A DSAL está atenta à situação de emprego dos residentes locais, empenhando-se na realização de entrevistas e conjugação de emprego

Pessoal da DSAL supervisiona as entrevistas e os testes de técnicas

A Direcção dos Serviços para os Assuntos Laborais (DSAL) está atenta à situação de emprego dos trabalhadores da construção civil em Macau, e em resposta ao desenvolvimento da situação epidémica em Macau e devido à retoma gradual do trabalho em vários estaleiros de construção, entrou em contacto de imediato com os candidatos a emprego e as empresas para a realização de entrevistas e testes de técnicas, bem como, com as empresas para procurar mais vagas, de modo a realizar colocação profissional e conjugação de emprego, tendo em conjunto com as associações dos sectores deslocado ao local para supervisionar o decurso das entrevistas e dos testes de técnicas, a fim de salvaguardar os direitos e interesses dos empregadores e dos trabalhadores de acordo com a lei.

Entre 17 de Fevereiro e 12 de Março, foram apoiadas um total de 335 pessoas que foram contratadas com sucesso, estando os principais tipos de trabalho incluídos em assentador de tijolos, pintor, auxiliar, soldador, carpinteiro, técnico de gesso cartonado, etc.. A DSAL continua a ajudar no emprego os trabalhadores da construção, e para aqueles com técnicas de trabalho que reúnam as condições indispensáveis para o cargo, realiza de imediato a conjugação de emprego e encaminhamento profissional. Para além disso, a DSAL empenha-se também na realização de conjugação de emprego e colocação profissional para diferentes sectores, tais como o sector do comércio a retalho, transportes, etc., a fim de garantir a continuidade e prioridade de emprego dos residentes de Macau.

A DSAL tem dado sempre assistência, através dos serviços de apoio oportuno, àqueles que estão interessados em emprego ou na mudança de emprego, realizando a conjugação de emprego e entrevistas. Com a evolução das condições socioeconómicas, as pessoas com dificuldades de emprego devem ajustar adequadamente a sua atitude perante o emprego, e articulando com o serviço de encaminhamento profissional da DSAL, esforçamo-nos por atenuar as dificuldades de emprego.

Para além disso, a DSAL vai realizar o plano na modalidade de “Formação subsidiada” com orientação para o emprego, prestando deste modo apoio aos participantes a fim de aumentar as suas actuais aptidões ou aprenderem e dominarem novas técnicas profissionais e ao mesmo tempo, em articulação com o serviço de encaminhamento profissional, pode em conjugação com diversas medidas implementar a garantia da continuidade e prioridade de emprego dos residentes de Macau.

Ver galeria


Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar