Dois projectos de filmes locais participam no programa de formação Macau-TorinoFilmLab para fomento talentos no palco internacional

“Be Ordinary”, da realizadora Tracy Choi, foi um dos projectos de filme escolhidos para a formação

Uma das entidades co-organizadoras do Festival Internacional de Cinema e Cerimónia de Entrega de Prémios.Macau (International Film Festival & Awards.Macao - IFFAM), a Associação de Cultura e Produções de Filmes e Televisão de Macau, colaborou uma vez mais este ano com o TorinoFilmLab para a realização do programa de formação Macau-TorinoFilmLab. Devido à pandemia, os participantes na edição deste ano, decorrida recentemente, tiveram de realizar online os estudos e intercâmbio no âmbito da formação.

Os dois projectos, “Be Ordinary”, da realizadora Tracy Choi, e “LONG DAY, LONG NIGHT”, do realizador Penny Lam, foram as escolhas deste ano para participar na formação. Após rigoroso processo de selecção, os projectos foram escolhidos entre as propostas participantes num concurso aberto para recepção de novas ideias para filmes, lançado em Junho passado pela associação. Equipas dos dois projectos receberam formação online em meados de Setembro, com o conteúdo a abarcar reuniões individuais com realizadores profissionais, a par com discussões de grupo sobre os projectos, entre outros.

Para a realizadora participante na formação, Tracy Choi, “os tutores colocaram perguntas que incidiram sobre pormenores de detalhe e ajudaram a inspirar novas ideias. Muito conducente para o desenvolvimento do guião e comunicação nas filmagens. Os membros da equipa também leem o trabalho de cada um e dão conselhos práticos através de discussões online, o que é bastante conveniente e eficaz. Hoje em dia, cada vez mais adolescentes gostam de filmar e espero ter mais projectos relacionados no futuro.”

O outro realizador participante na formação, Penny Lam, assinalou que, “o ponto de começo para o programa de formação foi optimizar a sinopse. A experiência online é uma novidade, e o processo de comunicação consegue ser mais focado. Mediante a partilha de conceitos com diferentes cineastas, consegue-se perceber a visão internacional do actual desenvolvimento da indústria cinematográfica em Macau.”

A presidente do Conselho da Associação de Cultura e Produções de Filmes e Televisão de Macau, Gina Lei, referiu que, “a associação tem-se empenhado no cultivo de cineastas em Macau e pretende estabelecer um sistema que sirva como ponte entre insiders da indústria, filmes e investidores da Ásia e do ocidente. Nós pretendemos ainda apoiar jovens cineastas a desenvolver a sua criatividade, reforçando a qualidade dos filmes de Macau e promovendo internacionalmente potencias projectos locais de destaque, beneficiando o desenvolvimento da indústria cinematográfica de Macau.”

Para a formação deste ano, a Associação de Cultura e Produções de Filmes e Televisão de Macau renovou o convite ao membro da Equipa de Consultores Internacionais do IFFAM, Michael J. Werner, para assumir o papel de consultor do programa de formação e ajudar os formandos a concluir a formação.

Desde a primeira edição do IFFAM, em 2016, a Comissão Organizadora do evento tem movido esforços para que o festival de cinema chegue à ribalta internacional, tornando-se mundialmente conhecido. Por outro lado, a organização também tem promovido oportunidades de formação, e procurado criar plataformas para jovens profissionais de cinema e das indústrias culturais e criativas encetarem intercâmbio internacional, permitindo que acedam com as suas obras de relevo ao mercado internacional, promovendo em diferentes níveis e patamares, a diversidade e o desenvolvimento a longo prazo da indústria cinematográfica de Macau.

Este ano sob o tema “Uma Celebração da Vida & Do Grande Ecrã”, os diferentes trabalhos de preparação para a quinta edição do IFFAM, que decorre de 3 a 8 de Dezembro, estão a ser ultimados.

Ver galeria


Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar