Serviços de Saúde incentivam actividades de associações civis para a importância da saúde mental


10 de Outubro é anualmente assinalado pela Organização Mundial de Saúde (OMS) como o Dia Mundial da Saúde Mental. Ao assinalar a data a OMS pretende aumentar a consciencialização pública sobre a saúde mental, eliminar a discriminação e o preconceito contra as pessoas com doenças mentais. O tema escolhido para 2020 foi “Move for mental health: let’s invest”.

No âmbito deste dia os Serviços de Saúde irão promover, de forma dinâmica, associações não-governamentais para organizar actividades, a fim de despertar a importância dada pelo público sobre a saúde mental. Nos últimos anos, os Serviços de Saúde aumentaram o investimento na área da saúde mental em Macau e disponibiliza, actualmente consultas externas de cuidados de saúde mental nos 6 centros de saúde: Tap Seac, Fai Chi Kei, Areia Preta, Ilha Verde, Jardins do Oceano e Carmo-Lago.

Actualmente existem em Macau, no Serviço de Psiquiatria do CHCSJ, 17 médicos especialistas e 20 psicoterapeutas, um aumento de 21,4% e 81,8%, respectivamente comparativamente com os cinco anos anteriores.

De forma a potenciar de forma eficaz as capacidades profissionais dos funcionários no âmbito da saúde mental de Macau, o Serviço de Psiquiatria está organizar entre Setembro e Novembro um seminário de educação psiquiátrica denominado “Aperfeiçoamento do nosso Profissionalismo por Aprendizagem”.

Os Serviços de Saúde, nos últimos anos expandiram os serviços psiquiátricos de proximidade para doentes sujeitos aos cuidados de saúde permanentes a 11 lares. Por outro lado, em resposta da saúde mental de crianças e adolescentes, os Serviços de Saúde alargaram o programa“Integração entre casa, escola e sociedade - Introdução de saúde em escola”, para aumentar a atenção dos alunos, pais e professores sobre a saúde mental.

No âmbito dos serviços de saúde mental de Macau, existe actualmente um sistema de 4 níveis, com encaminhamento sem barreiras: 1) Serviços disponíveis por todas as instituições respectivas na comunidade; 2) Serviços específicos de saúde mental na comunidade; 3) Encaminhamento para os centros de saúde; 4) Transferência para o Serviço de Psiquiatria do CHCSJ.

Em 2016 o Serviço de Psiquiatria criou uma equipa de serviços psiquiátricos comunitários com objectivo de fortalecer a sinergia do sistema destinados aos pacientes com doenças mentais sérios e com riscos ocultos. Este sistema integra recursos sociais e todos os residentes de Macau podem aceder a serviços gratuitos, quer serviços médicos quer serviços de aconselhamento psicológico financiados pelos Serviços de Saúde.

Se os residentes tiverem familiares ou amigos com problemas emocionais, devem encoraja-los a procurar apoio, de forma activa, às equipas de prestação de serviços, instituições educativas, sociais e médicas distribuídas na comunidade, ou goza os seus serviços profissionais.

Ver galeria


Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar