DSEJ reúne com representantes do sector educativo

Reunião da DSEJ com os representantes da Associação de Educadores Chineses de Macau e da Associação de Escolas Católicas de Macau

O director da Direcção dos Serviços de Educação e Juventude, Lou Pak Sang, os subdirectores Leong Vai Kei e Kong Chi Meng, e outras chefias da DSEJ realizaram encontros com representantes do sector educativo. No dia 9 de Novembro, reuniram com representantes da Associação de Educadores Chineses de Macau e da Associação de Escolas Católicas de Macau e, no dia 10 de Novembro, com os directores e representantes de outras escolas de Macau. Os encontros visaram o reforço da comunicação com o sector educativo e a troca de opiniões e ideias sobre questões de interesse mútuo.

Durante a reunião, o director Lou Pak Sang agradeceu ao sector educativo a preocupação, o apoio e a contribuição constantes no desenvolvimento da educação em Macau. Director, líderes e chefias discutiram questões como vagas escolares, planeamento de aulas, desenvolvimento e estabilidade da equipa docente, integridade e cumprimento da Lei nas escolas, criação de um ambiente escolar harmonioso, optimização das medidas de registo central, uso eficaz da Internet pelos alunos e utilização das instalações escolares.

O subdirector Kong Chi Meng apresentou a previsão do número de docentes necessários e enfatizou a melhoria contínua do actual banco de dados de pessoal docente, encorajou os professores a aperfeiçoarem as suas capacidades profissionais, incentivando-os a munirem-se de qualificações que lhes permitam leccionar vários níveis de ensino, e reforçou a orientação dos alunos no prosseguimento de estudos. Paralelamente, e de forma a sanar as oscilações da necessidade de vagas escolares, em função de alterações no número de nascimentos e no número de alunos, as escolas serão orientadas para o ajustamento dos limites máximo e mínimo de alunos por turma, no sistema escolar de escolaridade gratuita, no sentido de fazer com que a procura e a oferta de vagas escolares se desenvolvam de forma equilibrada, e de garantir a estabilidade da equipa docente. Além disso, a chefe de divisão Ng Mei Kei, apresentou a optimização da “Medida de registo central para acesso escolar das crianças ao ensino infantil pela primeira vez” do ano lectivo de 2021/2022, de modo a que as escolas possam divulgar a lista de admissão de alunos em lista de espera, o mais rápido possível, e os pais possam inteirar-se da admissão dos alunos em listas de espera, com maior celeridade. Wong Tak Kei, chefia funcional, apresentou as directrizes de empréstimo de instalações, recursos e equipamentos escolares. O Governo incentiva as escolas e as comunidades a franquearem as suas instalações umas às outras, devendo as escolas estar intimamente ligadas ao desenvolvimento das comunidades e utilizar os recursos de maneira mais eficaz. As escolas particulares foram relembradas do dever de cumprimento das leis e dos regulamentos, bem como da sua obrigação de integridade na realização de projectos de aquisição ou de construção de instalações escolares, devendo cumprir estritamente as leis e os regulamentos de financiamento relevantes e estabelecer um mecanismo de supervisão próprio, para garantir uma utilização transparente do erário público. Chow Pui Leng, chefia funcional, apresentou o Manual Prático “Ambiente Escolar Harmonioso - Prevenir o Bullying”. Este Manual destina-se aos alunos dos três últimos anos do Ensino Primário e do Ensino Secundário Geral. Além disso, a fim de evitar que os alunos caiam inadvertidamente em situações ardilosas, na Internet, e acreditem cegamente nas informações que aí encontram, a DSEJ tem realizado palestras e workshops, sobre estas temáticas, para pais e pessoal docente, com o objectivo de os ajudar a fortalecer, nos seus educandos, a capacidade de identificar comportamentos nocivos, online, dando-lhes a conhecer métodos para combaterem potenciais riscos e ajudando-os a formar, desde cedo, hábitos correctos de utilização do telemóvel e da Internet. Por último, Wong Ka Ki, chefe de departamento, sugeriu que, durante o Grande Prémio, as escolas deveriam adoptar medidas flexíveis e tomar providências adequadas, relativamente às aulas e à frequência escolar dos alunos, a fim de aliviarem o impacto do ruído ou das mudanças temporárias no tráfego rodoviário.

Os representantes das duas organizações educacionais e os dirigentes escolares concordaram com os trabalhos e as medidas acima referidas, fornecendo opiniões e sugestões valorosas sobre as questões relacionadas com o Ensino Não Superior, designadamente sobre a cooperação educacional na área da Grande Baía, o desenvolvimento da ética dos docentes, a educação parental, a educação para a protecção ambiental, a educação integrada e a diversificação de talentos.

Em representação da Associação das Escolas Católicas de Macau, estiveram presentes:Chow Pak-fai (presidente); Maung Sein Myint (vice-presidente); Vong Pio (presidente do conselho executivo); Chen Xin Wang (vice-presidente da direcção); Lao Lai Mui; Luk Kum Lee Kenny (responsável pela área financeira); Pun Chi Meng (presidente do conselho fiscal); Cheung Shek Chiu (membro do conselho fiscal); e os directores e dirigentes escolares Yu Ka Pik Susanna, Cheung Wai Ling, Liu Ian Kit e Chu Sheung Maria. Em representação da Associação de Educação de Macau, estiveram presentes: Chan Hong (presidente); Ho Sio Kam, Lai Sai Kei e Un U Wa (vice-presidentes); Cheang Hong Kuong (presidente do conselho executivo); Kou Kam Fai (presidente do conselho fiscal); os vice-presidentes Vong Kuoc Ieng, Zheng Jiezhao, Chan Chi Kwan, Chan Ka Leong e Lei Cheok Kin; e a directora escolar Lei Pou Tin Pauline. Em representação das escolas, estiveram presentes: os directores escolares Felizbina Carmelita Gomes, Chan Ieng Lon, Leong Iao Cheng, Chan Ka Man, Ho Im Wa, Ip Wai U, Wong Lit, Chan In Fan, Hon Iok, He Jun Ni, Liu Chang, Kou Wai Hang Mónica, Lou Lan Heng, Manuel Augusto Martins Peres Machado, Tsui Po Fung, Robert Richard Alexander, Xu You De, Cristina Maria Glória Sousa, Lam Kim U, a directora interina Chan In Iong e as representantes escolares Marisa Rebelo Gonçalves de Abreu Peixoto e Yvonne Fong.

Ver galeria


Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar