Realizada reunião interdepartamental antes do Ano Novo Chinês para a defesa do consumidor

Serviços públicos apresentaram medidas de defesa do consumidor a tomar no Ano Novo Chinês na reunião interdepartamental.

Espera-se o aumento do consumo por parte dos cidadãos e turistas em Macau durante o Ano Novo Chinês. Portanto, no sentido de proteger os direitos e interesses dos consumidores, o Conselho de Consumidores (CC) convidou vários serviços públicos para uma reunião de trabalho, nomeadamente, a Direcção dos Serviços de Economia e Desenvolvimento Tecnológico, a Direcção dos Serviços de Turismo, a Direcção dos Serviços para os Assuntos de Tráfego, a Polícia Judiciária, o Corpo de Polícia de Segurança Pública, os Serviços de Alfândega, o Instituto para os Assuntos Municipais, os Serviços de Saúde e a Direcção dos Serviços de Correios e Telecomunicações. Na reunião, foram debatidos assuntos relacionados com a protecção dos direitos e interesses dos residentes de Macau e turistas durante os feriados a aproximar, trocadas informações e definidas medidas para a referida protecção.

A fim de fazer um bom trabalho para a defesa do consumidor, o CC junta-se aos serviços competentes para proceder às vistorias aos estabelecimentos comerciais nas vésperas do Ano Novo Chinês, promovendo aos sectores o princípio de fazer negócios com honestidade. Em simultâneo, também fornece informações sobre a viagem em Macau aos residentes do Interior da China, mediante a cooperação estabelecida com as associações de consumidores do Interior da China.

Estará disponível o serviço de gravação de chamadas telefónicas de 24 horas para a linha aberta do CC (tel: 89889315) durante os feriados do Ano Novo Chinês (Do dia 11, à tarde, ao dia 16 de Fevereiro), sendo designados os trabalhadores para responder à reclamação ou pedido de informação por parte dos consumidores e no caso necessário, prestar a devida assistência.

Caso se envolvam em litígio de consumo, os consumidores podem recorrer ao CC ou a outros serviços competentes, bem como basta aceder à plataforma “Consumidor Online” com um dispositivo móvel, como o telemóvel, apresentar informações por texto ou fotografia, escolher a opção adequada entre as predefinidas em relação à natureza da reclamação e à solução pretendida e utilizar o serviço de localização, para concluir os procedimentos de reclamação com maior facilidade e celeridade. Ao mesmo tempo, também podem reclamar ou pedir informação através da conta de WeChat do CC.

Ver galeria


Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar