Programa de extensão do 31.º Festival de Artes de Macau inclui palestras por maestros e leva a arte à comunidade

Ren Dongsheng

O 31º Festival de Artes de Macau (FAM) irá apresentar 18 actividades do Festival Extra em 24 sessões, incluindo palestras, workshops, sessões “Conheça o Artista”, visita aos bastidores, excursões comunitárias, serviço de acessibilidade e projecção de filmes.

Entre os destaques do programa de extensão estão duas palestras temáticas, Conheça o Artista: Wang Xiaoying e A Criação de um Espaço Fluído no Palco, nas quais artistas de renome do teatro e da dança do Interior da China são convidados a compartilhar as suas experiências artísticas e conceitos criativos. O Encenador de 1.ª Classe a Nível Nacional Wang Xiaoying já foi o encenador de teatro experimental mais vanguardista da China e uma figura representativa do teatro chinês tradicional na década de 1990. Para ele, o teatro significa não só um sentido de responsabilidade, mas também uma escolha, um ideal e uma busca, bem como fonte de todas as tristezas e alegrias na vida. O célebre designer de cenografia Ren Dongsheng é conhecido por seu estilo “grandioso, porém subtil, engenhoso e inovador” e é capaz de fazer uma representação visual implícita, introvertida, mas poética, dos temas das suas obras, criando interações e diálogos entre as tradições mais elementares e tecnologia de ponta. Além disso, na sua workshop focada em técnicas básicas de dança moderna, bailarinos do Grupo de Dança e Teatro Jin Xing, uma das maiores companhias de dança moderna na China, irão orientar os participantes na prática da percepção dinâmica ao usar o corpo, por forma a despertar a consciência corporal, a sentir as mudanças subtis de energia dos membros e a melhorar a acuidade dos sentidos do corpo.

O FAM procura constantemente permitir ao público uma compreensão mais profunda da cultura e da arte, alcançando a comunidade. Este ano, está a ser apresentada a Visita Guiada: Explorando o Patane a partir dos Restos Arquitectónicos, no qual o arquitecto local Lui Chak Keong revelará a história do Patane através de vestígios arquitectónicos. Em Litorais Evanescentes, o presidente da Associação Cultural do Oficio de Constructores Navais, Vangaree Tam, levará os participantes numa visita guiada pelos estaleiros de Coloane, e o pintor Wang Chieh e o curator de arte comunitária Lin Shu-hao de Keelung, de Taiwan, realizarão uma sessão de intercâmbio online com os participantes, explorando como as duas cidades costeiras de Macau e Keelung poderiam lidar melhor com o actual estado de desvanecimento gradual das fronteiras da costa, além de compartilharem as suas visões para o futuro. Recomenda-se aos participantes nessas duas actividades que usem roupas confortáveis. Uma série de outras actividades, como workshops, visitas aos bastidores e projecção de filmes, também serão realizadas, como habitual, para enriquecer a vida cultural do público e melhorar o clima cultural dos bairros comunitários.

Para detalhes sobre o programa de extensão, é favor consultar o folheto do FAM ou visitar o sítio web oficial do Festival em www.icm.gov.mo/fam. A maioria das atividades é gratuita. As inscrições serão abertas a partir das 9:00 horas do dia 29 de Março, com vagas limitadas disponíveis por ordem de chegada. Os interessados podem-se inscrever por telefone ou online em www.icm.gov.mo/eform/event. Para consultas ou registo por telefone, é favor contactar o IC através do tel. 8399 6699, durante o horário de expediente.

Ver galeria


Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar