Nenhuma vacina com embalagem defeituosa foi utilizada em Macau. Serviços de Saúde reuniram com Fosun Pharma para analisar situação


Relativamente a situação que envolve a suspensão da administração da vacina de mRNA produzida pela BioNtech/Fosun Pharma devido a defeitos na embalagem nomeadamente na tampa do frasco, a BioNtech e a Fosun Pharma solicitaram a suspensão imediata da vacina e iniciaram uma investigação sobre a origem do problema.

Ainda durante a manhã de quarta-feira os Serviços de Saúde efectuaram uma reunião com a Fosun Pharma para analisar a situação.

A Fosun Pharma afirmou, na reunião, que apenas está a suspender a vacina e não está a efectuar a recolha do lote. A suspensão da vacinação é uma medida preventiva para garantir o cumprimento estrito da segurança de vacinação.

A BioNtech e a Fosun Pharma não possuem motivos que levem a duvidar da segurança do produto ou que levem a crer que este esteja em risco. Apenas como medida cautelar, durante o período de investigação, a vacinação com o lote número 210102 deve ser suspensa, até que sejam obtidos resultados da investigação.

Os defeitos encontrados nas embalagens, nomeadamente nas tampas dos frascos das vacinas, devem-se principalmente ao facto de as anilhas de alumínio não se encontrarem devidamente apertadas e haver, em algumas situações, anilhas com ligeiras folgas (frouxas).

Os Serviços de Saúde informam que durante os procedimentos protocolados, antes do uso das embalagens os profissionais de saúde verificam, cuidadosamente, a aparência e a embalagem da vacina tentando detectar eventuais anormalidades. Quando são encontradas anormalidades, os frascos não são utilizados. As situações que eventualmente sejam detectadas são descartadas e reportadas ao fornecedor.

Até ontem, 6.215 pessoas tinham administrado, em Macau, a vacina de mRNA produzida pela BioNTech/Fosun Pharma. O sistema de registo de vacinas tinha ainda previstas 5.393 pessoas com agendamentos. Entre estas, 1.520 pessoas iriam administrar a primeira dose e 3.873 tinham já agendada a segunda dose.

Após a decisão de suspensão da vacina, os Serviços de Saúde enviaram mensagens curtas, a todas as pessoas que tinham agendado a inoculação da vacina de mRNA contra a COVID-19, a avisar que a vacina tinha sido suspensa e que a data da administração da vacina seria futuramente comunicada.

As pessoas que nunca foram vacinadas, que o pretendam fazer no imediato, podem optar por alterar o tipo de vacina, nomeadamente para a vacina inactivada da Sinopharm.

Os Serviços de Saúde estão em contacto permanente com o fornecedor para avaliar a possibilidade de serem implementados planos de contingência caso o lote de vacinas não possa ser usado, nomeadamente, usando outros lotes desta vacina que se encontram em Hong Kong e possam ser redireccionados para a RAEM. Ou, vacinas mRNA que sejam recém-produzidas na Alemanha e que possam ser despachadas com urgência para Macau de forma a reiniciar o plano de vacinação o mais brevemente possível.

Mal haja novas informações os Serviços de Saúde irão divulga-las pelos meios habituais e entrarão em contacto com os cidadãos afectados, via SMS, sobre as medidas de vacinação que sejam decididas.

Ver galeria


Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar