Simulações de incêndio realizadas no Edifício do Ministério Público

Simulações de incêndio realizadas no Edifício do Ministério Público

Na manhã do dia 9 de Junho, no Serviço de Acção Penal do Ministério Público e Juízos de Instrução Criminal do Tribunal Judicial de Base, sob o apoio do Corpo de Polícia de Segurança Pública, Polícia Judiciária, Corpo de Bombeiros e Direcção dos Serviços Correccionais, teve lugar a segunda simulação de incêndio, desde a entrada em funcionamento do Edifício do Ministério Público.

O Edifício do Ministério Público entrou em funcionamento nos meados de Dezembro do ano passado, no qual se encontram instalados o Serviço de Acção Penal, o Gabinete do Procurador e os Juízos de Instrução Criminal do Tribunal Judicial de Base. No seu funcionamento diário, para além dos funcionários do Ministério Público e do Tribunal Judicial de Base, nele se encontram ainda agentes de entidades policiais, suspeitos e testemunhas envolvidos em inquéritos penais, entre outros, que ali se deslocam para tratar de variados assuntos. Assim, no sentido de poder responder ordenadamente às emergências que venham a ocorrer e salvaguardar a segurança da vida dos cidadãos, indivíduos acima mencionados e funcionários que ali trabalham, o Ministério Público e o Tribunal Judicial de Base, sob o apoio das referidas entidades policiais, organizaram, no dia 23 de Março do corrente ano, a primeira simulação de evacuação em caso de incêndio, tendo como destinatários todos os funcionários do edifício.

A recente simulação visa ensaiar o procedimento de evacuação do edifício dos suspeitos, testemunhas e demais cidadãos em caso de ocorrência de incêndio. Com a participação activa dos diversos serviços envolvidos e a colaboração dos cidadãos, a simulação realizou-se ordenadamente e com sucesso.

Na reunião ocorrida após a simulação, todos os participantes efectuaram uma análise global sobre todas as situações ocorridas nas simulações e apresentaram as suas opiniões para o seu aperfeiçoamento. O Ministério Público agradece, desde já, todo o apoio prestado pelos serviços policiais nas duas simulações, esperando que, através das mesmas, possa ser reforçada a capacidade de resposta dos funcionários do edifício, reduzindo eficazmente os prejuízos a causar à segurança pessoal e ao interesse público em eventuais situações de emergência no Edifício do Ministério Público.

Ver galeria


Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar