Censos bem preparados Aperfeiçoados com a contribuição de opiniões

Censos2021

Para assegurar a boa execução dos Censos decenais, a operação estatística de maior dimensão em Macau, a Direcção dos Serviços de Estatística e Censos (DSEC) deu início há dois anos, de forma faseada, aos trabalhos preparatórios, incluindo a concepção do questionário censitário e a realização do Inquérito Piloto em zonas específicas. Tendo sido concluída em Maio do corrente ano a primeira fase do trabalho de recolha de informação, a segunda fase dos Censos decorrerá em Agosto, recolhendo informação junto de mais de 270 mil unidades habitacionais, comerciais e industriais de Macau.

No que diz respeito à concepção de questionário censitário, a DSEC realizou entre Setembro e Outubro de 2019 uma consulta de opiniões sobre o conteúdo do questionário dos Censos 2021, junto de serviços públicos, organizações/associações, instituições de ensino superior, deputados da Assembleia Legislativa e vogais da Comissão Consultiva de Estatística, num total de 148 entidades. Após a análise de todas as opiniões recolhidas, foi acrescentada a recolha de dados relativos à situação de autocuidado dos indivíduos com 60 ou mais anos, à identificação dos cuidadores e à situação de coabitação intergeracional, no sentido de satisfazer as necessidades sociais relativas a esses dados estatísticos. Além disso, a DSEC realizou o “Inquérito Piloto dos Censos 2021” em Agosto de 2020, na zona da Areia Preta, tendo testado o conteúdo do questionário, o sistema informático e o processo de trabalho. Baseando-se nas experiências obtidas no Inquérito Piloto, aperfeiçoam-se e optimizam-se os diversos trabalhos censitários.

A recolha de dados dos Censos 2021 divide-se em duas fases, tendo a primeira decorrido entre Abril e Maio do corrente ano, em que se recolheram dados junto da população marítima e dos indivíduos que residem em unidades de alojamento colectivas (por exemplo, dormitórios de estudantes e de trabalhadores). A segunda fase de recolha de informação dos Censos 2021 decorrerá no período de 7 a 21 de Agosto, abrangendo mais de 270 mil unidades habitacionais, comerciais e industriais de Macau. Todos os agregados familiares inquiridos receberão no início de Agosto a respectiva carta-aviso da DSEC, sendo objecto de inquirição todos os indivíduos que residem ou permanecem nas referidas unidades. Em articulação com esta segunda fase, no início do corrente ano a DSEC recrutou através da internet mais de dois mil trabalhadores provisórios para execução de trabalhos de recolha de informação. A respectiva formação decorre sucessivamente, por forma a garantir que estejam habilitados com conhecimentos profissionais de agentes de censos.

Os resultados dos Censos são cruciais para o desenvolvimento de Macau, constituindo uma referência insubstituível na definição de políticas do Governo da RAEM, assim como no planeamento dos diversos sectores sociais. A DSEC exprime sentidos agradecimentos aos serviços públicos, instituições de ensino superior e organizações/associações, por toda a colaboração e apoio prestados, que permitiram a conclusão com sucesso da primeira fase de recolha de informação. Espera ainda que toda a população de Macau apoie e colabore nos trabalhos da segunda fase. Para mais pormenores, aceda à página electrónica temática dos Censos 2021: https://www.dsec.gov.mo/Censos2021.

Ver galeria


Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar