Grupo de especialistas da Comissão Nacional de Saúde visitou Macau e deu orientações sobre trabalhos antiepidémicos

Secretária para os Assuntos Sociais e Cultura, Ao Ieong U e Grupo de especialistas, da Comissão Nacional de Saúde

Um grupo de especialistas da Comissão Nacional de Saúde, visitou Macau entre os dias 30 de Agosto e 2 de Setembro, a convite do Governo da RAEM, com o objectivo de proporcionar orientações antiepidémicas. O grupo de especialistas elogiou as medidas antiepidémicas implementadas pelo Governo da RAEM e apresentou também sugestões de melhoria.

O grupo de especialistas era composto por 8 membros, incluindo das áreas de prevenção e controlo de doenças infecciosas, tratamentos clínico e testes laboratoriais. Durante a estadia em Macau, realizou a visitas a diversos locais, tais como posto fronteiriço da Ponte Hong Kong-Zhuhai-Macau, comando do Centro de Coordenação de Contingência do Novo Tipo de Coronavírus, Centro de Operações de Protecção Civil, hotéis de observação médicas, Centro Hospitalar Conde de São Januário, centros de saúde, postos de testes de ácido nucleico e postos de vacinação contra a COVID-19.

Diáriamente houve uma troca de opiniões sobre os relatórios submetidos pelos Serviços de Saúde, serviços públicos relevantes e especialistas do Governo, de forma abrangente e detalhada, para conhecer de modo aprofundado os trabalhos antiepidémicos. Os relatórios estiveram relacionados às seguintes áreas:

O sistema de comando de prevenção e controlo de epidemias, prevenção e controlo na comunidade, divulgação de informações epidemiológicas, quarentena nos postos fronteiriços, observação médica centralizada e gestão em circuito fechado, medidas antiepidémicas para bens e trabalhadores nos postos de entrada, investigações epidemiológicas, prevenção e controlo de infecção hospitalar, programas de tratamentos médicos, gestão de enfermarias em isolamento, programa de instalações de isolamento adicionais, prevenção e controlo da epidemia por categorias e zonas, teste de ácido nucleico, vacinação, segurança de materiais e sistemas de informação, entre outras.

As duas partes tiveram intercâmbios e discussões dinâmicas e compartilha de experiências em vários tópicos.

Após a visita, de modo geral, o grupo de especialistas considerou que o Governo da RAEM tem dado a elevada importância à prevenção e controlo da COVID-19, tendo criado o mecanismo de coordenação da COVID-19, mobilizados os recursos suficientes dos diversos serviços públicos, para responder a pandemia e melhorado de forma contínua as medidas antiepidémicas nos postos fronteiriços, tratamentos médicos, teste de ácido nucleico e outras medidas relacionadas.

O grupo manifestou elogio à eficácia dos todos os trabalhos antiepidémicos e apresentou sugestões de melhoria, como gestão e monitorização de grupo-chave, promoção de vacinação ao público por meio da ciência, etc..

Actualmente, o Governo da RAEM tem persistido na estratégia de “prevenir casos importados e evitar o ressurgimento interno” e tem adoptado medidas de prevenção e controlo em conformidade com as políticas antiepidémicas implementadas a nível nacional.

Desde o surto da COVID-19, o Governo da RAEM tem mantido comunicação estreita com a Comissão Nacional de Saúde e tem sido apoiado pelo País nas várias áreas, designadamente, realização de teste de ácido nucleico, encomenda de vacinas, bem como elaboração das propostas sobre a prevenção e controlo da epidemia por categorias e criação de um hospital de campanha

A visita desta delegação da Comissão Nacional de Saúde, a convite do Governo da RAEM tem o objectivo de fortalecer os intercâmbios e cooperação, compartilhar experiências, aperfeiçoar e aumentar a capacidade e o nível com precisão de prevenção e controlo, através da troca de experiências antiepidémicas, orientação e sugestões sobre as actuais medidas antiepidémicas, programas organizados para futuro, entre outros.

O Governo da RAEM tem melhorado e consolidado o sistema de prevenção e controlo de saúde pública em Macau, mediante a referência das opiniões do grupo de especialistas, em combinação de situação real, a fim de proteger eficaz a vida e a saúde dos residentes de Macau.

Ver galeria


Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar