CAEAL visita assembleia de voto no Estabelecimento Prisional de Coloane para assegurar o exercício do direito de voto dos eleitores que se encontram na prisão

Membros da Comissão de Assuntos Eleitorais da Assembleia Legislativa (CAEAL) visitam assembleia de voto, instalada no Estabelecimento Prisional de Coloane.

A Comissão de Assuntos Eleitorais da Assembleia Legislativa (CAEAL) visitou hoje (7) a assembleia de voto no Estabelecimento Prisional de Coloane, tendo como objectivo o conhecimento dos trabalhos realizados, por parte do estabelecimento prisional, no âmbito da salvaguarda do exercício do direito de voto dos eleitores que ali se encontram presos.

Durante a visita, o Presidente, Tong Hio Fong e os vogais da CAEAL foram acompanhados pelo Director, Cheng Fong Meng, e Subdirector, Chio Song Un, ambos da Direcção dos Serviços Correccionais (DSC), pelo Director Substituto do Estabelecimento Prisional de Coloane, Lam Kam Sau e pela Directora do Instituto de Menores, Yu Pui Lam, tendo esta apresentado, na qualidade de Presidente da mesa da assembleia de voto, as instalações da assembleia de voto e os procedimentos de voto dos eleitores que se encontram em prisão.

A CAEAL agradece a colaboração e o apoio envidado pela DSC nos trabalhos eleitorais. Conforme a apresentação da DSC, até à presente visita, das pessoas que se encontram presas, 343 são eleitores. O padrão da instalação, os procedimentos e o horário de voto é idêntico ao das outras assembleias de voto em geral. De acordo com as estatísticas, nas últimas eleições para a Assembleia Legislativa, a taxa de votação nas assembleias de voto do estabelecimento prisional foi superior a 70%.

Em conformidade com a legislação, todos os eleitores que não estejam privados de direitos políticos, têm o direito de voto, pelo que a CAEAL instalou a assembleia de voto no estabelecimento prisional como forma de salvaguardar o exercício do direito de voto dos eleitores que se encontram presos.

Ao mesmo tempo, a DSC forneceu aos eleitores que se encontram presos as informações eleitorais emitidas pela CAEAL, nomeadamente, as “Bases do programa político das candidaturas”, forma como votar correctamente e sobre o segredo de voto, pelo que, as informações eleitorais atribuídas aos eleitores que se encontram presos são praticamente idênticas às da população em geral.

Ver galeria


Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar