Plano de consumo por meio electrónico obteve uma ampla participação


O secretário para a Economia e Finanças, Lei Wai Nong, referiu, hoje (8 de Setembro), que o plano de consumo por meio electrónico, desde a sua execução, no dia 1 de Julho, obteve uma ampla participação, atingindo um montante de consumo de 3,71 mil milhões de patacas, o que representa 62% dos 5,896 mil milhões, montante geral previamente planeado. O referido plano contribuiu também para o impulso na vulgarização do pagamento electrónico em Macau.

Lei Wai Nong ao prestar declarações à comunicação social numa ocasião pública, frisou que, para além do montante de consumo de 3,71 mil milhões de patacas, as entidades de pagamento móvel lançaram igualmente uma série de medidas de incentivo, contribuindo para atingir 4,64 mil milhões de patacas, e a servir como função de suporte para a procura interna de Macau.

O mesmo responsável apontou ainda que, desde a execução do plano, no dia 1 de Julho, o montante de consumo em pagamento móvel daquele mês, atingiu 1,89 mil milhões de patacas, o que equivale ao montante geral anual do ano 2018, e um acréscimo de quatro vezes mais relativamente ao montante médio mensal de 500 milhões do ano transacto. E esta situação reflecte que o futuro desenvolvimento do pagamento móvel é bastante amplo, servindo de alicerce para o desenvolvimento da economia e gestão digital de Macau.

O secretário referiu ainda que, em dois anos, o Governo da RAEM utilizou 86,4 mil milhões de patacas da reserva extraordinária da Reserva Financeira para preencher a respectiva lacuna. Todavia disse que continuará a estimar a receita do jogo nos restantes meses, acreditando que, no final do ano, poderá proceder um ajustamento no orçamento.

No que diz respeito a campanhas para atrair turistas, Lei Wai Nong apontou que devido aos casos importados de COVID-19 registados em Agosto, o número de visitantes sofreu ajustamento. O Governo da RAEM procedeu de imediato a medidas de prevenção e de controlo epidémico, as quais obtiveram apoio da população em geral. Referiu que a actividade promocional, Semana de Macau em Chengdu, será realizada na segunda metade de Setembro, onde através da forma online e in loco, Macau será promovida como uma cidade segura para viajar e de lazer.

Ver galeria


Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar