Obra de arte pública de “Arte Macau” intitulada “Chacra” exposta na Praça do Tap Siac

Obra de arte pública de “Arte Macau” intitulada “Chacra” exposta na Praça do Tap Siac

A Exposição de Arte Pública do espectacular evento “Arte Macau: Bienal Internacional de Arte de Macau 2021”, subordinada ao tema “Tecnologias do Bem-estar”, permite ao público sentir a tensão e a estética da arte através de um contacto próximo com as obras expostas, trazendo uma atmosfera cultural imersiva a toda a cidade como uma galeria e jardim de arte. A última obra de arte pública desta edição de “Arte Macau”, “Chacra”, da autoria do artista italiano Riccardo Cordero, está patente agora na Praça do Tap Siac.

“Chacra” é uma escultura de aço resistente. Para comemorar a relocalização do mercado de alimentos situado na Piazza Galimberti da cidade de Turim em Itália em 2021 devido à construção da nova Aldeia Olímpica, as autoridades relevantes esperavam ter uma obra artística que deixasse uma memória colectiva do público do mercado de alimentos, e assim “Chacra” foi criada. Os elementos da escultura formam um círculo, como uma praça dentro de uma praça. “Chacra” estará patente na Praça do Tap Siac até 3 de Janeiro de 2022, sendo bem-vindo a visita do público para apreciar esta obra artística e sentir presencialmente o seu poder espiritual, a partir de várias perspectivas.

Várias obras de arte pública de “Arte Macau 2021” estão expostas em espaços públicos da cidade. “Encontro”, uma escultura de bronze do artista do Interior da China, Su Xinping, esculpida em forma de um par de mãos gigantes através de uma representação expressiva com dimensões surreais, está patente na Praceta da Arte do Centro Cultural de Macau até 29 de Novembro. “Aprender com Macau”, uma obra de arte de pintura de enorme escala da autoria do Drawing Architecture Studio de Pequim, encontra-se exposta na parede exterior de Museu das Ofertas sobre a Transferência de Soberania de Macau, causando um impacto visual refrescante ao público. “Aprender com Macau” combina linhas simples e cores ricas, para, com base na arquitectura e nas observações da rotina diária de Macau, esboçar um panorama totalmente original da região, retratando diversos marcos locais de características únicas e, sobretudo, a imagem de uma cidade vivaz e dinâmica, em homenagem à sua cultura local. Esta obra está patente numa base permanente.

A escultura “Tenho Saudades Tuas”, da autoria do artista tailandês Gongkan, encontra-se exposta na zona de Anim’Arte NAM VAN até 19 de Novembro. O trabalho é composto de espelho e fibra de vidro, visando incentivar mais pessoas a procurar e manifestar o amor, com coragem e total liberdade. A obra de arte pública de “Arte Macau” “Cidade Global”, do artista argentino Leandro Erlich, está exposta nas Casas da Taipa até 7 de Janeiro de 2022. O trabalho é composto principalmente de aço e resina, baseado no conceito de “aldeia global”, procurando estimular a reflexão do público sobre a exploração de terrenos e a aplicação de tecnologias da informação, a influência e mudança trazidas pela internet na vida quotidiana.

O Instituto Cultural irá seguir estritamente as orientações de prevenção epidemiológica emitidas pelos Serviços de Saúde e implementar as medidas apropriadas para os eventos.

Para mais informações sobre “Arte Macau”, é favor consultar a página electrónica do evento em www.artmacao.mo, a conta no Instagram “artmacao”, a página no Facebook “IC Art” e a conta do IC no WeChat “IC_Art_Macao”.

Ver galeria


Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar