DSAL empenhada no apoio ao emprego dos residentes Apoio na contratação de 2 869 pessoas nos primeiros dez meses

Entrevista online do Plano de estágio em empresas de renome no Interior da China

A Direcção dos Serviços para os Assuntos Laborais (DSAL) continua atenta à evolução do mercado de trabalho, dando apoio aos residentes no emprego e prestando vários serviços de apoio adequados, com o fim de ajudar, de várias formas, os candidatos a emprego a integrarem-se no mercado de trabalho o mais breve possível.

125 pessoas contratadas após atenuação da epidemia no final de Outubro
2 869 pessoas apoiadas na contratação nos primeiros dez meses

Com a atenuação da situação epidémica do novo tipo de coronavírus em Macau, a DSAL retomou de imediato e intensificou os serviços de encaminhamento e emparelhamento de emprego, com especial atenção ao emparelhamento profissional dos candidatos a emprego do sector da construção civil. Após a retoma dos serviços de emparelhamento em 19 de Outubro, a DSAL, nas duas primeiras semanas, contactou com 1 559 candidatos a emprego, tendo 361 pessoas comparecido às entrevistas, das quais 125 foram contratadas. Relativamente ao sector da construção civil, contactou com 252 candidatos, tendo 109 comparecido, e 62 sido contratados.

Relativamente aos habituais serviços de apoio ao emprego, nos primeiros dez meses do ano 2021 (até 31 de Outubro), foram encaminhadas pela DSAL e compareceram à entrevista um total de 22 921 pessoas, das quais 2 034 foram contratadas, principalmente para os sectores da construção civil (947 pessoas), serviços de segurança e limpeza (275 pessoas), comércio a retalho (167 pessoas), restauração (162 pessoas), e serviços prestados às empresas (152 pessoas), os quais representam 84% do total.

A fim de dar apoio aos residentes para que possam encontrar ou mudar de emprego o mais breve possível, a DSAL tem vindo a organizar, desde Setembro de 2020, no mínimo três sessões de emparelhamento de emprego por mês, para sectores específicos tais como a restauração, hotelaria, comércio a retalho e segurança e administração de propriedades. Entre Janeiro e 31 de Outubro do corrente ano, foram realizadas 29 sessões específicas de emparelhamento de emprego para diferentes sectores e profissões, incluindo os acima mencionados, tendo 725 pessoas comparecido às entrevistas e 395 sido contratadas, das quais 138 foram integradas no comércio a retalho, 115 na segurança e administração de propriedades, 83 na restauração e 49 na hotelaria.

Atendendo à oferta e à procura no mercado de trabalho de Macau, a DSAL organizou, no corrente ano, catorze acções de recrutamento de grande envergadura, em conjunto com as seis empresas de lazer, tendo encaminhado um total de 2 797 candidatos que foram contactados pelas empresas para a entrevista, tendo 1 334 pessoas comparecido às entrevistas, sendo que, de acordo com os resultados fornecidos, 440 candidatos foram contratados.

Plano de Estágio “Criar Melhores Perspectivas de Trabalho 2021” dá importância à vida profissional dos jovens, tendo 108 jovens sido contratados

Em Junho do corrente ano, a DSAL lançou de novo o Plano de Estágio “Criar Melhores Perspectivas de Trabalho”, tendo recebido um total de 964 pedidos de jovens e 552 foram admitidos pelas empresas. As atividades de estágio decorrem desde Agosto, sendo que os estágios com a duração de três meses terminaram consecutivamente estando previsto que o último estágio termine no final de Janeiro. Até ao momento, foi tomado conhecimento junto das empresas que 22 pessoas foram directamente contratadas e 86 aceitaram ser contratadas quando terminarem o estágio, contando com um total de 108 pessoas contratadas. Devido ao término consecutivo dos estágios nas empresas, o número de contratados poderá aumentar.

A DSAL continua a prestar atenção à situação de trabalho dos jovens que participaram no Plano de Estágio “Criar Melhores Perspectivas de Trabalho” do ano transacto, sendo que, das 199 pessoas contratadas, 138 ainda se mantêm no emprego. De entre elas, 18 foram promovidas, representando uma proporção de cerca de 10%, e com um aumento salarial que varia de 13% a 93%.

Lançar o 3.º Plano de estágio no Interior da China em Novembro: “Plano de estágio na Empresa de artigos eléctricos GREE de Zhuhai para jovens de Macau”

Após o lançamento em 22 de Novembro do corrente ano, de dois Planos de estágio no Interior da China, a DSAL lançou mais um Plano denominado “Plano de estágio na Empresa de artigos eléctricos GREE de Zhuhai para jovens de Macau” (adiante designado por “Plano”), contribuindo para que os jovens de Macau tenham uma oportunidade de estágio com a duração de três meses. Os postos para estágio, com um total de 50 vagas, abrangem várias áreas de produção, designadamente, design de software e hardware para o controlo de artigos, design de artigos eléctricos, electromecânica e electrodomésticos, electricidade e electrónica, inteligência artificial, design de UI, técnicas de refrigeração, técnicas de artesanato, gestão administrativa, comércio electrónico, entre outros, sendo que, o estágio será realizado em Zhuhai. As inscrições para o Plano de estágio estão abertas a partir de hoje e até ao dia 23 de Dezembro. Os jovens de Macau que estiverem interessados poderão aceder à página temática designada por “Plano de estágio na Empresa de artigos eléctricos GREE de Zhuhai para jovens de Macau”, a fim de conhecerem os detalhes e fazerem a inscrição online.

Por outro lado, relativamente ao “Plano de formação e estágio na Alibaba em Hangzhou para jovens de Macau” lançado em Setembro, foram recebidos no total 166 pedidos, dos quais 125 foram aprovados na apreciação documental e 89 entraram na fase de entrevista e, finalmente, 35 jovens elegíveis de Macau foram escolhidos pela “Alibaba”. A lista de admissão foi publicada na respectiva página temática em 25 de Novembro. O itinerário inicial foi adiado devido à evolução da epidemia da pneumonia causada pelo novo tipo de coronavírus em Macau ocorrida anteriormente, pelo que a DSAL irá negociar com a “Alibaba” a programação adequada da partida dos jovens admitidos, e em seguida, disponibilizará pessoal para o seu acompanhamento.

Quanto ao “Plano de Estágio na ByteDance para Jovens de Macau no Interior da China” lançado em Fevereiro do corrente ano, foram recebidos no total 169 pedidos, tendo o Plano sido implementado com sucesso. No entanto, relativamente aos dois Planos acima referidos, foram recebidos no total 335 pedidos.

DSAL incentiva os residentes a ajustar a mentalidade e a obter certificação profissional para uma nova via profissional

Dada a ocorrência da epidemia da pneumonia causada pelo novo tipo de coronavírus nos recentes anos, o mercado de trabalho de Macau sofreu mudanças, tendo os residentes sofrido uma maior pressão tanto no emprego como na vida quotidiana e perante a situação, a DSAL lançou o “Plano de formação subsidiada orientada para a empregabilidade” através do qual ajudou muitos residentes a mudar de emprego e profissão. A DSAL incentiva os cidadãos a manterem uma mentalidade positiva perante a situação difícil e a ousarem em participar na formação profissional, e através do estudo, do aumento de competências e da colocação profissional, poderem mudar o seu rumo profissional e alargarem as vias de emprego.

Recebidas aproximadamente 2 205 inscrições para a 13.ª edição da “Formação subsidiada” e as inscrições para a nova edição do Plano terão início no dia 2 de Dezembro

As inscrições para os cursos da 13.ª edição da “Formação subsidiada” terminaram no dia 19 de Novembro, tendo-se registado um total de 711 inscritos para aproximadamente 620 vagas para o “Plano de formação subsidiada orientada para o aumento das competências técnicas”, e 1 494 inscritos para mais de 900 vagas para o “Plano de formação subsidiada orientada para a empregabilidade”, sendo a selecção feita segundo a modalidade “primeiro o sorteio, depois a apreciação da candidatura e em seguida a entrevista”. As inscrições para a nova edição (14.ª edição) do Plano estarão abertas entre 2 e 9 de Dezembro e entre 10 e 16 de Dezembro de 2021.

Entre Janeiro de 2021 e 31 de Outubro de 2021, contou com um total de 4 302 pessoas que participaram nos “Planos de formação subsidiada”.

Número de trabalhadores não residentes diminuiu em 25 060 comparativamente ao final do ano de 2019, tendo sido garantida a continuidade e a prioridade no acesso ao emprego dos residentes

A DSAL acompanha de perto a situação do mercado de emprego, efectuando ajustamentos em tempo oportuno, para garantir a continuidade e a prioridade do emprego dos residentes. Ao mesmo tempo, tem-se procedido ao ajustamento do número de trabalhadores não residentes, e até ao final de Outubro do corrente ano, existiam 171 478 trabalhadores não residentes, representando uma redução de 25 060 pessoas relativamente ao final de Dezembro de 2019, envolvendo sectores como a hotelaria e restauração (redução de 12 275 trabalhadores), actividades culturais e recreativas, lotarias e outros serviços (redução de 3 864 trabalhadores), comércio por grosso e a retalho (redução de 2 502 trabalhadores) e transportes, armazenagem e comunicações (redução de 1 580 trabalhadores).

Ver galeria


Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar