DSAL ordena a suspensão total de obras no estaleiro onde ocorreu um acidente

Relativamente ao acidente de trabalho ocorrido hoje de manhã (dia 9) na Avenida do Almirante Lacerda, que provocou a morte de um trabalhador, a Direcção dos Serviços para os Assuntos Laborais (DSAL) lamenta a ocorrência e está muito atenta à situação. A DSAL apresenta as suas condolências à família da vítima e vai dar apoio no acompanhamento da matéria referente à indemnização por acidentes de trabalho.

De acordo com as investigações preliminares, estavam a decorrer obras de demolição no estaleiro. Suspeita-se que, naquele momento, um trabalhador residente se encontrava a proceder a trabalhos de fiscalização no segundo andar, e quando chegou à cobertura, aquela partiu, tendo provocado a queda do trabalhador. A DSAL já emitiu uma ordem de suspensão ao empreiteiro, estando suspensas todas as obras naquele estaleiro, sendo que os trabalhos só poderão ser retomados quando o empreiteiro concretizar as medidas eficazes de segurança ocupacional e após a aprovação da DSAL. Estes Serviços salientam que, durante a execução de trabalhos de demolição em altura, devem ser observados os procedimentos de trabalho correctos.

A vida e a segurança dos trabalhadores são muito preciosas. A DSAL reitera que é necessário cumprir os trabalhos de fiscalização e de promoção da segurança no trabalho. A fim de assegurar que os trabalhadores possam trabalhar num ambiente seguro, a DSAL irá continuar a reforçar os trabalhos de sensibilização e divulgação sobre a segurança e saúde ocupacional e a execução rigorosa da lei, de modo a garantir que os empregadores cumprem o dever de proporcionar um ambiente de trabalho seguro. Ao mesmo tempo, a DSAL apela aos sectores para criarem uma boa cultura sobre a segurança e saúde ocupacional, preocupando-se com a segurança e saúde ocupacional dos trabalhadores, a fim de proteger a saúde e a vida dos trabalhadores.



Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar