Estatísticas monetárias e financeiras – Fevereiro 2019

De acordo com as estatísticas publicadas hoje pela AMCM, a massa monetária recuou em Fevereiro, e a quota da pataca permaneceu relativamente estável. Por enquanto, os depósitos de residentes diminuíram relativamente ao mês anterior e os empréstimos de residentes de um modo geral permaneceu practicamente inalterado. Massa monetáriaA circulação monetária e os depósitos à ordem decresceram 4,7% e 0,9%, respectivamente. M1, assim, decresceu 1,7%, relativamente ao mês anterior. Por enquanto, as responsabilidades quase monetárias decresceram 0,5%. A soma destes dois elementos, ou seja, M2, decresceu 0,7% relativamente ao mês anterior, atingindo MOP654,2 mil milhões. Relativamente ao período homólogo, M1 e M2 cresceram 3,9% e 7,9%, respectivamente. A proporção da pataca (MOP), os dólares de Hong Kong (HKD), os renminbi (RMB) e os dólares dos Estados Unidos (USD) registaram “peso” em M2 de 31,3%, 51,5%, 4,5% e 10,9%, respectivamente. Depósitos

Os depósitos de residentes diminuíram 0,6% ao mês anterior, atingindo MOP637,3 mil milhões, os depósitos de não-residentes cresceram 9,1%, atingindo MOP262,1 mil milhões. Por enquanto, os depósitos do sector público na actividade bancária cresceram 2,3%, equivale a MOP239,2 mil milhões. Como resultado, o total dos depósitos da actividade bancária cresceram 2,1% ao mês anterior, atingindo MOP1.138,5 mil milhões. A proporção da MOP, HKD, RMB e USD nos depósitos em total foi de 19,1%, 51,0%, 4,1% e 23,0%, respectivamente.

Empréstimos

Os empréstimos internos ao sector privado de um modo geral permaneceu practicamente inalterado em relação ao mês anterior, atingindo MOP505,0 mil milhões. Por enquanto, os empréstimos ao exterior cresceram 1,5% atingindo MOP533,4 mil milhões. Como resultado, os empréstimos ao sector privado cresceram 0,8% em relação ao mês anterior, atingindo MOP1.038,4 mil milhões, enquanto em MOP, HKD, RMB e em USD, “os pesos” alcançados 16,3%, 50,6%, 4,3% e 25,7%, respectivamente.

Rácios de resultados

No final de Fevereiro, o rácio empréstimos/depósitos de residentes desceu de 57,7% no final de Janeiro para 57,6%, o volume que incluiu o rácio empréstimos/depósitos de não-residentes decresceu de 92,4% para 91,2%. Os activos correntes a calcular no período base de um mês e três meses em relação ao passivo ambos registaram 55,0% e 51,6%, respectivamente. Simultaneamente, o rácio de crédito vencido mantém-se em 0,2%.



Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar