Comunicado de imprensa Acções de sensibilização sobre a protecção civil junto da comunidade De acordo com as informações da Direcção dos Serviços Meteorológico

Os SPU, as 5 entidades responsáveis pela execução do plano de evacuação e o IAS realizaram visitas e campanhas de sensibilização em várias associações

De acordo com as informações da Direcção dos Serviços Meteorológicos e Geofísicos, prevê-se que este ano Macau possa vir a ser afectado por 4 a 6 tempestades tropicais com a possibilidade de se posicionarem a uma distância inferior a 800 km da região, que poderão ser susceptíveis de provocar “storm surge”, ameaçando a segurança, a vida e os bens dos residentes das zonas baixas. Neste sentido, de forma a reforçar a consciência da população sobre a prevenção de desastres, decorrem durante os meses de Março e Abril visitas às diferentes associações e campanhas de sensibilização sobre o “Plano de Evacuação das Zonas Baixas em Situações de Storm Surge durante a Passagem de Tufão” (adiante designado por “Plano de Evacuação”), levadas a cabo pelos Serviços de Polícia Unitários, Serviços de Alfândega, Corpo de Polícia de Segurança Pública, Polícia Judiciária, Corpo de Bombeiros, Escola Superior das Forças de Segurança de Macau e Instituto de Acção Social.

Através da realização de palestras, procurou-se dar a conhecer às diferentes associações (“Amigos da prevenção criminal predial da Polícia Judiciária”, Comissão do Trabalho Predial da União Geral das Associações dos Moradores de Macau, Aliança de Povo de Instituição de Macau, Associação de Mútuo Auxílio do Bairro da Praia do Manduco, Associação de Auxílio Mútuo de Pescadores de Macau, Associação de Mútuo Auxílio dos Moradores do Bairro de San Kio, Associação de Moradores da Aldeia Lai Chi Wun de Coloane) o “Plano de Evacuação”, nomeadamente o objectivo, modelo e percurso de evacuação, o estojo de emergência, bem como a localização dos centros de abrigo, dos pontos de encontro das pessoas com necessidades especiais, dos pontos de permanência e a distribuição de recursos, pretendendo-se deste modo que a população possa familiarizar-se com o “Plano de Evacuação”. Ao mesmo tempo, foram recolhidas opiniões junto dos residentes, contribuindo assim para o aperfeiçoamento do “Plano”.

Foram também alvos de campanha de sensibilização, os residentes e comerciantes dos bairros do Tamagnini Barbosa, Fai Chi Kei, das zonas da Rua de Cinco de Outubro e Praia do Manduco. Através da distribuição de panfletos de prevenção de desastres, os residentes ficaram a conhecer as medidas a tomar antes do tufão e quando for activado o “Plano de evacuação”, foram aconselhados a manter a calma e a seguir as instruções dos agentes das forças de segurança, deslocando-se ordeiramente para a casa de familiares ou para centros de abrigo. Durante o hastear do tufão, devem prestar atenção às informações divulgadas pelo Centro de Operações de Protecção Civil.

Os SPU vão dar continuidade às actividades de educação e sensibilização, procurando elevar o nível de consciência da população acerca da prevenção contra tufões e a capacidade de autoprotecção e auxílio mútuo. Para o final de Abril, está programada a realização de um exercício de tufão de grande envergadura planeado pelos membros da estrutura de protecção civil, o qual contará com a participação de todos os interessados, concretizando o objectivo de “Prevenção e Resposta Conjunta”.

Ver galeria


Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar