Estimativas revistas dos prejuízos económicos provocados pelo tufão “Mangkhut” em Macau

Após a catástrofe provocada pelo tufão “Mangkhut”, que passou por Macau em 16 de Setembro de 2018, a Direcção dos Serviços de Estatística e Censos (DSEC) procedeu à avaliação dos prejuízos económicos. Com base nas estimativas preliminares do ano passado, os prejuízos directos atingiram 517 milhões de Patacas e os indirectos 1,03 mil milhões de Patacas, somando 1,55 mil milhões de Patacas.

Com o intuito de calcular de forma mais exacta os prejuízos económicos provocados pelo tufão, após a avaliação preliminar concluída no ano passado, a DSEC enviou questionários aos relativos serviços públicos para recolha de dados sobre os prejuízos directos da passagem do tufão, nomeadamente os que afectaram as entidades e equipamentos/instalações sob a tutela dos serviços. Além disso, a DSEC procedeu ainda à reavaliação dos prejuízos indirectos provocados pelo tufão em diversos sectores sociais, em conformidade com os dados económicos mais recentes.

Após a conjugação das estimativas dos dados mais recentes sobre os prejuízos económicos provocados pelo tufão “Mangkhut” em Macau, foram revistas as estimativas dos prejuízos directos para 691 milhões de Patacas e dos prejuízos indirectos para 1,05 mil milhões de Patacas, somando 1,74 mil milhões de Patacas, ou seja, mais 186 milhões de Patacas do que as estimativas preliminares.


Anexos



Há algo de errado com esta página?

Ajude-nos a melhorar o GOV.MO

* Campo obrigatório

Enviar